O Lumino pode parecer um conjunto normal de blocos de montar, mas ele na verdade marca uma nova fase na vida do Microsoft Surface: o reconhecimento da terceira dimensão. As implicações disso em termos de interface são enormes.

Nós já vimos o Surface identificar objetos antes, mas esta é a primeira vez que vemos ele reconhecer a terceira dimensão de um objeto. É possível fazer pilhas de dois ou mais Luminos sobre o Surface, e ele vai reconhecer e se comportar diferente com estes blocos empilhados.

Sem contar as óbvias aplicações como um jogo de damas, reconhecer a terceira dimensão é simplesmente o próximo passo evolutivo tanto do Surface quanto das touchscreens em geral. Isso poderá possibilitar todo tipo de gestos diferentes, que ainda não foram nem imaginados. Pena que o próprio Lumino ainda é meio que um demo técnico ainda, mas definitivamente com muito potencial. [DesignBoom e New Scientist]