O iPad finalmente tem concorrentes: nas últimas semanas, o HP Slate fez uma breve aparição, o Samsung Galaxy Tab foi lançado, e ontem mesmo a RIM revelou seu BlackBerry PlayBook para negócios. Eis as especificações dos quatro tablets, comparadas:

Pela tabela, dá pra ver que várias especificações do PlayBook estão à frente da concorrência. O BlackBerry tablet tem processador dual-core de 1GHz de última geração (Cortex A9), 1GB de RAM, duas câmeras e portas USB e HDMI. E quando se trata de software, ele tem multitarefa – que funciona de forma elegante, aliás – e roda Flash.

Ainda precisamos saber a duração da bateria do PlayBook e seu preço, mas por enquanto o iPad só ganha por ter a loja de apps para tablets com melhor oferta de aplicativos – enquanto o PlayBook ainda está começando. O Galaxy Tab tem o menor peso (380g) dos quatro, mas o PlayBook chega perto (400g); e o Galaxy Tab e o HP Slate têm memória expansível, coisa que nem o PlayBook nem o iPad têm.

Vale notar que ainda há coisas que não sabemos sobre o PlayBook, e as especificações do HP Slate vêm de um documento interno vazado que ainda não foi confirmado oficialmente.

Mesmo assim, o campo de batalha ficou bem mais definido em relação à primeira vez que comparamos tablets, tanto existentes quanto apenas em rumores, nos idos de janeiro. E à medida que os rivais alcançam a Apple, o iPad vai ficando cada vez menos atraente.

Isso quando se trata de hardware, claro. A Apple ainda tem três grandes vantagens onde os oponentes não conseguiram muito espaço: o iOS, a App Store e o fato de ter começado antes. Os outros vão precisar de mais que câmeras HD pra superar isto.