Esta semana, a Visa e a Walmart causaram polêmica ao oferecerem o Guitar Hero 5 com desconto em troca de divulgação no Twitter, mas sem disporem de unidades suficientes do jogo para suprir a demanda. Mas ficou claro que as pessoas topam se juntar com outras pessoas através da internet para conseguir um bom desconto. E esta é a ideia do PeixeUrbano: você recebe descontos em bares, shows, cursos e outros se um número mínimo de pessoas usar o desconto também — e você pode chamar outras pessoas para participar, através de redes sociais.

Por exemplo, o site mostra a oferta de um restaurante, que oferece um almoço completo por R$ 30 — mas o desconto vale apenas se 10 pessoas participarem. Então você paga os R$ 30 via PagSeguro e divulga a oferta via redes sociais. E essa é a parte interessante: você não precisa juntar nove amigos para o restaurante — basta divulgar a oferta pra outras pessoas que queiram aproveitar o desconto também. Se dez pessoas pagarem os R$ 30, é só imprimir o cupom de participação e ir ao restaurante. Senão, o PeixeUrbano devolve o seu dinheiro.

O PeixeUrbano, criado pelo brasileiro Júlio Vasconcellos e pelo americano Alex Tabor, foi lançado esta semana no Brasil, e por enquanto só trabalha com estabelecimentos na cidade do Rio de Janeiro, mas daqui a duas semanas ele chega em São Paulo e, nas semanas seguintes, deve estar disponível em Curitiba, Brasília, Belo Horizonte, Salvador e Porto Alegre.

A ideia de compra coletiva — reunir-se com outras pessoas via internet para obter descontos — não é nova: nos EUA os sites Groupon, LivingSocial e Twongo fazem isso há anos. E no Brasil existe desde 2008 o Compra3, que reembolsa parte do valor dos produtos comprados através do site. Quanto mais pessoas compram um certo produto pelo site, maior o valor do reembolso. Eles trabalham com grandes lojas na internet (como Submarino, Americanas, Walmart), mas só reembolsam quando o valor acumulado chega a R$25 — você provavelmente vai precisar comprar mais de uma vez para receber parte do valor pago de volta.

O incidente do #JuntosPeloDescontoVisa mostra que a ideia de compra coletiva pela internet ainda é nova para muitos. Nova para as empresas, que pediram divulgação sem mencionar quantas unidades do produto venderiam — Visa e Walmart pediram 5.000 tweets para supostamente só 50 unidades em estoque do Guitar Hero (depois eles ofereceram mais 100 unidades). E nova para os consumidores, que podem ficar desconfiados em se unir com anônimos para conseguir descontos. Mas, com o crescimento do e-commerce no Brasil, aliado à força das redes sociais para divulgar promoções, as compras coletivas podem ficar cada vez mais atraentes por aqui. [PeixeUrbano via Folha e IDG]