Eu curto uma exposição de arte se tiver algo relacionado à tecnologia, se eu puder interagir com as obras, e se for de graça. A exposição do FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica), na Avenida Paulista, tem tudo isso e mais.

  

Eu fui lá e conferi o que eles oferecem. O que achei mais da hora: o jogo da vida e a mesa clicável, que você vê nas fotos. O jogo da vida envolve iniciar uma sociedade e vê-la se reproduzir e se espalhar, até sumir. Cada indivíduo é uma lâmpada, e você começa uma sociedade passando a mão por cima das lâmpadas. Fará mais sentido quando você experimentar, acredite. Na mesa clicável, os objetos reagem quando você passa nele o cursor do mouse — e sem precisar de lasers. A terceira foto foi feita com a câmera 360°, na exposição.

A obra Capacitive Body também chama a atenção: vários cabos reagem às vibrações da Avenida Paulista e se iluminam — mas vá no fim da tarde para ver esta obra. Preste atenção também na obra Pixel.

Uma ou outra obra pode não estar funcionando: é normal que aparelhos eletrônicos, na mão de muita gente, possam dar alguma pane — mas nada que afete a ótima experiência de visitar a exposição. O festival também inclui workshops e exibição de cinema digital: confira tudo no site do evento. [FILE]

FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

Quando? De 27 de julho a 30 de agosto

Horários da exposição: de terça a sábado, das 10h às 20h; domingos, das 10h às 19h; segundas, das 11h às 20h

Onde? Centro Cultural Fiesp, Av. Paulista, 1313 (em frente ao metrô Trianon-MASP), em São Paulo