Sou velho cliente da eStarland, normalmente a minha opção para comprar jogos de videogame diretamente da gringa. Agora ela está sendo oficialmente bem mais amiga do dono de videogame brasileiro, trocando esse tipo de pacote que a alfândega adora abrir e taxar por algo bem menos chamativo:

 

Eles me mandaram um e-mail hoje explicando a mudança, em português sem acentos:

Nos estamos felizes em anunciar nosso servico de pacote personalizado eStarland "Per-Pack", em resposta aos grandes pedidos de nossos clientes internacionais.

Com o novo servico "Per-Pack", o seu pacote sera personalizado conforme seu pedido. Isso ira incluir etiquetas de envio escritas a mao, formulario alfandegario e partira de uma pessoa fisica, ao inves de juridica. Para incluir esse servico no seu pedido, voce so precisa incluir o seguinte produto no seu carrinho de compras. Voce pode tambem incluir instrucoes adicionais na secao "My Message to eStarland", durante o fechamento do pedido.

Na prática, isso significa que a chance de cobrarem o imposto de 60% sobre o que você comprou+frete – o que implica também em você ter de ir buscar o pacote na agência dos correios – é bem menor. Se por um lado é legal com o criador do game, já que você está dando dinheiro pelo seu trabalho, a falsificação de informações alfandegárias, com subfaturamento de declaração do valor, é ilegal, até onde eu sei (advogados de plantão, definam melhor) e você é, na melhor das hipóteses, cúmplice.

Mas, honestamente, acho o valor dos tributos sobre coisas importadas irreal, e deixar de pagar algumas vezes é uma desobediência civil que eu pratico, tenho de admitir.