A promessa do USB-C é ótima, um único cabo para conectar todos os seus dispositivos: laptops, tablets e smartphones. Infelizmente ele também pode ser perigoso. Se você comprar cabos falsificados é possível que seu aparelho acabe danificado. Mas esse medidor de energia da Satechi resolve o problema, com informações para te ajudar a descobrir se seus eletrônicos correm o risco de pegar fogo ou estão sendo mal alimentados.

• Novas recomendações do Google sobre USB-C podem impedir que seu telefone exploda
• Cabos baratos do novo padrão USB podem fritar seu computador ou celular

Dada a capacidade de energia que o USB-C consegue atingir, de até 3 amperes para carregar um notebook, você precisa ter certeza de que tem em mãos um cabo que seja capaz de lidar com essa corrente. Como bem apontou Benson Leung do Google, existem vários riscos quando você compra um cabo USB-C barato com uma das pontas com um conector USB do padrão antigo, que não consegue regular a energia da forma apropriada.

Comprar um cabo USB-C e acessórios de marcas confiáveis é um bom primeiro passo para proteger seus aparelhos, mas sempre existe o risco de você gastar uma grana sem querer num produto genérico muito convincente.

É aí que o medidor de energia da Satechi entra em campo. Ele custa US$ 30 (cerca de R$ 95 na cotação atual) e é um adaptador que oferece dados em tempo real sobre o uso de energia nas duas direções, incluindo informações sobre voltagem, amperagem e quantidade de energia já transferida a partir do momento que foi plugado.

O monitor te ajuda a saber se sua bateria externa está oferecendo a potência certa para seu smartphone, por exemplo. Ou se o seu MacBook ou Chromebook está sendo carregado corretamente por meio do USB-C.

usb-c-acessorio-2

O que ele não faz, no entanto, é proteger o dispositivo e detectar se existe um problema no fluxo de energia. Ele não tem nenhum tipo de alarme embutido ou um sistema de alertas. Afinal, o acessório não sabe quais são as exigências de energia dos dispositivos. Você precisará saber a quantidade de energia que deveria estar passando entre os seus dispositivos e confirmar se tudo está certinho no medidor.

Parece muito complicado para valer a pena, mas definitivamente é mais fácil do que convencer o pessoal da garantia do seu produto de que ele estava cheirando a queimado desde que o tirou da caixa.

[Satechi]