A Microsoft anunciou que as sincronizações automáticas de conteúdos do OneDrive — seu serviço de armazenamento em nuvem — para Windows 7, Windows 8 e Windows 8.1 terminam a partir de março de 2022.

A empresa também informou que, já a partir de janeiro de 2022. o OneDrive não receberá mais atualizações se estiver sendo executado em um sistema que não possui o Windows 10 ou o Windows 11 instalado.

Os usuários de versões mais antigas do sistema operacional continuarão tendo acesso aos arquivos pela versão web do aplicativo, mas, para conseguir manter a conteúdos mais recentes, terão que realizar todo o processo manualmente.

A recomendação da gigante tecnológica é que para evitar qualquer dificuldade, os usuários atualizem para o Windows 10 ou Windows 11.

Segundo a Microsoft, o motivo da mudança é “concentrar os recursos em novas tecnologias e sistemas operacionais e fornecer aos usuários a experiência mais atualizada e segura”.

Assine a newsletter do Gizmodo

A Microsoft interrompeu o Windows 7 em 2020. Já o suporte convencional para Windows 8.1 terminou em 2018 — com seu suporte estendido indo até 2023. O Windows 10, no entanto, tem previsão de ser atualizado até 2025.