A Microsoft pode não estar se dedicando a fazer smartphones, mas ela quer estar bem presente nos sistemas da concorrência, como iOS e Android – e ela fez uma parceria com Lenovo e Motorola para seus serviços conquistarem mais espaço.

Um dos Windows Phones mais populares do mundo agora pode rodar Android
Microsoft avisa que Skype deixará de funcionar no Windows Phone 8.1 e Windows RT

O Microsoft Office, OneDrive e Skype virão pré-instalados em alguns produtos da Lenovo e Motorola que rodam Android, fruto de um acordo cruzado de licenciamento de patentes. A empresa não divulga quais dispositivos serão impactados.

Vale lembrar que a Microsoft detém centenas de patentes que as fabricantes de Android são obrigadas a licenciar, e fez acordos com diversas empresas – incluindo LG, Samsung, HTC e Dell – nesse sentido. Em 2012, estimava-se que a Samsung pagava US$ 12 à Microsoft em licenciamento por cada dispositivo Galaxy vendido.

Como explica o The Verge, parece que a Microsoft estaria cobrando menos da Lenovo por ela embutir seus apps em dispositivos Android: “tais acordos de licenciamento cruzado de patentes significam que a Microsoft abandona o direito de cobrar royalties pesados de empresas que queiram pré-instalar seus produtos, para levar seu software ao máximo de pessoas possível”.

Isso vem se repetindo. Em março de 2015, apps da Microsoft passaram a vir pré-instalados em dispositivos da Samsung, Dell e mais dez fabricantes regionais. Poucos meses depois, foi a vez da LG e Sony; das brasileiras Positivo, Multilaser e DL; e de outras quinze fabricantes regionais. E este ano, foi firmada uma parceria semelhante com a Xiaomi.

Essa estratégia da Microsoft pode ser problemática para os usuários. Pelo menos no caso da Samsung, é impossível desinstalar os apps embutidos – você pode desativá-los, mas eles ainda ocupam espaço no dispositivo.

[Microsoft via The Verge]