Microsoft: o Metro não é mais Metro [Atualizado]

Isso ficou meio estranho. Depois de chamarmos o radicalmente belo design de interface da Microsoft de “Metro” por uns dois anos, o Verge diz que a Microsoft abandonará o nome por motivos legais. Qual será, então, o novo nome? De acordo com uma fonte “que deseja permanecer anônima,” a Microsoft está pedindo aos desenvolvedores para que […]

Metro? Não mais.

Isso ficou meio estranho. Depois de chamarmos o radicalmente belo design de interface da Microsoft de “Metro” por uns dois anos, o Verge diz que a Microsoft abandonará o nome por motivos legais. Qual será, então, o novo nome?

De acordo com uma fonte “que deseja permanecer anônima,” a Microsoft está pedindo aos desenvolvedores para que parem de chamar as coisas Metro de Metro, porque “Metro” é o nome de uma empresa alemão que detém a marca. Metro? Metro! Precisamos de um novo termo para designar o DNA compartilhado entre Windows 8, Windows Phone, Xbox, Outlook e Office? “Trem,” talvez?

Ou, como parece muito provável, todos continuaremos falando Metro porque a Metro alemã não pode processar todo mundo de uma vez. [The Verge]

Atualização: Ao Giz US, um porta-voz da Microsoft enviou o seguinte comunicado:

“Temos usado o [nome] Metro como um codinome durante o ciclo de desenvolvimento do software ao longo de diversas linhas de produtos. Na medida em que o lançamento e a transição  de um diálogo com o mercado para um diálogo mais abrangente, com os consumidores, se aproximam, passaremos a usar nossos nomes comerciais.”

É, parece que já era. Nos comentários daqui, abaixo, o leitor _Schneider diz que trabalha no TI da Microsoft e que, internamente, a palavra “Metro” foi substituída por “Modern”. Não é o tipo de nomenclatura que deverá chegar ao usuário final, como não era Metro, mas para todas as situações onde “Metro” cabia, que se use “Modern” daqui em diante.

Sair da versão mobile