A caverna de Blombos, na África do Sul, pode ter sido lar de um grupo de pré-humanos que tinham uma habilidade de criar ferramentas muito a frente de grupos semelhantes milhares de anos mais velhos. Hoje, os cientistas anunciaram a descoberta de mais ferramentas sofisticadas dessa incomum e avançada civilização.

Antes, pesquisadores encontraram evidências que o povo que viveu na caverna de Blombos, há 75 mil anos, produziu joias e escudos de conchas que só se tornaram comuns em grupos de humanos entre 30 e 20 mil anos atrás. Agora, um grupo de pesquisa liderado por Vincent Mourre encontrou mais evidências que o povo de Blombos era a civilização altamente tecnológica do mundo antes dos humanos como nós conhecemos. Pelo encontrado, o povo inventou uma técnica de criação de ferramentas chamada “descamação por pressão”, um método para criar facas bem afiadas, cerca de 55 mil anos antes de qualquer outro humano no mundo ter feito o mesmo.

De acordo com a divulgação, publicada hoje na Science:

A técnica para criação de ferramentas, chama de descamação por pressão, envolve o uso do osso de um animal ou outro objeto para exercer pressão próximo ao extremo de um pedaço de pedra, esculpindo uma parte do objeto. Um artesão da época normalmente dava um primeiro golpe com ferramentas pesadas, como uma espécie de martelo, para dar a forma inicial da peça; então eles usavam a descamação por pressão para refinar os extremos da lâmina e modelar sua ponta. A técnica é considerada uma inovação relativamente recente, surgindo com maior frequência há 20 mil anos.

Os pesquisadores ainda não sabem como essas pessoas criaram uma técnica tão moderna há tanto tempo. Porém, é possível que suas habilidades na criação de joias e ferramentas os deram uma vantagem quando sua prole teve de migrar para a África, há 60 mil anos. Suas ideias podem ter se espalhado por outros povos da Ásia e da Europa, e grupos com esse conhecimento tecnológico podem ter dominado outros locais do planeta por conta de suas habilidades superiores de caça e alimentação.

É bem possível que os moradores da caverna de Blombos tenham sido os primeiros inovadores tecnológicos, por isso devemos agradecê-los por todas as máquinas e ferramentas sofisticadas que temos atualmente.

Leia o artigo científico completo, em inglês, na Science