A segunda geração do smartwatch Moto 360 trouxe algumas boas melhorias em relação a seu antecessor quando foi lançado há alguns meses, entre elas o fato de ter um design que lembra mais um relógio de verdade. Agora, uma versão voltada para fitness do gadget, chamada Moto 360 Sport, foi anunciada para janeiro nos EUA por US$ 300.

>>> Moto 360 2015: primeiro o design, depois a tecnologia
>>> Android Wear agora permite fazer e receber ligações direto do smartwatch



As principais diferenças entre o Moto 360 normal e esse novo modelo? Para começar, o Sport tem GPS e uma tela transflexiva que faz o LCD ser mais visível tanto em ambientes internos quanto externos. A sua pulseira é de borracha e não é removível, tendo sido projetada para conter o suor. Isso significa que esse relógio é mais resistente a poeira e a água com certificado IP67 – mas também significa que sua aparência externa é menos personalizável do que outros aparelhos. Ganha de um lado, perde do outro.

E, claro, como qualquer monitor fitness, o Sport tem sensor de batimentos cardíacos e pode ser integrado ao Moto Body, o app de exercícios físicos da Motorola, assim como apps de terceiros. O Sport também conta com uma bateria que a Motorola diz durar um dia inteiro, mas quem pretende usar bastante o GPS pode esperar uma duração bem menor de bateria.

Eis alguns modelos que vimos em setembro:

moto-360-sport-2

O Moto 360 Sport vai começar a ser vendido na Europa no dia 18 de dezembro, e em janeiro chega aos EUA. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil. [Motorola]