A Motorola prometeu que o Moto X ia ser um smartphone bastante personalizável, e aparentemente ele realmente é. A customização vai ser feita a partir da plataforma online Moto Maker que, em um primeiro momento, parece bastante diversificada e fácil de mexer.

O site é bem rápido e intuitivo. O smartphone que você está montando aparece no centro da tela, e as modificações são adicionadas em tempo real. Você tem 18 opções de cores para a traseira, por exemplo, e clicar em uma já modifica na hora o aparelho no centro da tela. Para a parte frontal são apenas duas (preto ou branco), e você também pode mudar a cor dos detalhes, como o anel ao redor da câmera e os botões de volume. O site dá a opção de dar zoom para checar o aparelho nos mínimos detalhes, com rotação em 360 graus para você ver o aparelho por todos os ângulos.

motox1

Alguns acessórios também podem ser personalizados. Você pode escolher entre um carregador de tomada preto ou branco, e a cor dos fones de ouvido pode ser igual à da traseira do smartphone (ou não, dá para selecionar outra).

E para reforçar que o seu Moto X será único e feito especialmente para você, a Motorola dá a opção de gravar algumas palavras na traseira. A Apple faz isso com seus dispositivos. Você pode colocar uma frase curta, de apenas uma linha. Seu nome, ou endereço de e-mail. Só não tente colocar “Apple” nem “Samsung” – o Moto Maker não permite essas palavras. Estranhamente, como o pessoal do The Verge notou, a loja aceita nomes de outras empresas, como Huawei.

A Motorola também promete que o smartphone chega na sua casa pronto para você, e sem que você precise se esforçar muito para personalizar as configurações do Android. É possível escolher uma mensagem para a tela de inicialização do Moto X, assim como já definir um papel de parede. E, se fazer o login na sua conta do Google é muito trabalhoso, você pode fazer isso já pela Moto Maker: quando pegar seu smartphone, ele já estará com a sua conta do Android configurada. Não sei até que ponto isso é realmente conveniente – sempre há a possibilidade do smartphone cair nas mãos erradas já com a sua conta do Google configurada – mas é uma opção, e pode agradar muita gente.

No geral, o Moto Maker não é muito diferente do que a Nike faz há alguns anos, e é bem interessante ver todas essas possibilidades de personalização para a parte externa do smartphone. E, como o Twitter da Motorola deu a entender que a Moto Maker também chegará ao Brasil, podemos ter pela primeira vez uma experiência desse tipo por aqui – o que é bem bacana. [Gizmodo US, The Verge]