Mozilla corrige bug do Firefox que durou longos 18 anos; veja qual é

E tem mais erros antigos: existe um que foi denunciado pela primeira vez há 23 anos, em agosto de 1999, e ainda segue sem correção. Veja detalhes dessa lista de bugs
Os 5 novos recursos que deixam o Mozilla Firefox muito mais rápido
Imagem: Mozilla/Reprodução

A Mozilla finalmente corrigiu o bug 290125 do navegador Firefox, reportado pela primeira vez há quase 18 anos, em abril de 2005. A informação é do portal BugZilla, especializado em compilar erros no funcionamento do browser, um dos mais populares do mundo.

O bug em questão era um erro na exibição da letra capitular no início de parágrafos em alguns sites. Em termos mais técnicos, o elemento CSS ::first-letter era renderizado equivocadamente, o que inicialmente foi descoberto no Mac e havia sido supostamente corrigido na versão 3.0 do navegador. No entanto, ele foi reportado novamente em 2014 e, até então, não havia sido consertado.

A hipótese mais provável é que os desenvolvedores do utilitário tenham cometido algum erro durante o desenvolvimento do app, já que navegadores concorrentes funcionavam sem ter problemas com o elemento correspondente à letra capitular.

Este não é o único erro relacionado aos elementos de CSS. De acordo com o BugZilla, existem alguns erros reportados há anos que seguem sem solução. O mais antigo foi denunciado pela primeira vez há 23 anos, em agosto de 1999. A maioria são nos elementos flutuantes de CSS.

Há alguns anos, um bug descrito pela primeira vez em 2001 foi corrigido. A problema não era na renderização de elementos de CSS e, sim, uma falha que fazia com que o navegador utilizasse mais memória RAM do que o necessário. Assim, os computadores, principalmente os mais modestos, trabalhavam mais lentamente enquanto usuários usavam o Firefox simultaneamente com outros softwares no PC.

Como o problema não era considerado grave, a Mozilla preferiu trabalhar em outras correções e melhorias consideradas mais importantes ao longo dos anos, o que resultou em mais um bug que passou dos dez anos sem correção.

Assine a newsletter do Gizmodo

Vinicius Marques

Vinicius Marques

É jornalista, vive em São Paulo e escreve sobre tecnologia e games. É grande fã de cultura pop e profundamente apaixonado por cinema.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas