O Mobile World Congress é o evento que traz, todos os anos, as novidades das principais empresas do ramo da tecnologia móvel. A edição 2022, que acontece em Barcelona, na Espanha até a próxima quinta-feira (3), não tem sido diferente. Separamos alguns dos mais legais. Confira.

Realme GT2 Pro

O Realme GT2 Pro quer concorrer com smartphones topo de linha, com configurações poderosas — mas com um preço um pouco abaixo do que é normalmente praticado neste tipo de produto.

O maior destaque fica com a câmera macro do celular. Seguindo a tendência de outros smartphones, como Xiaomi Mi 11 e o Oppo Find X3, o smartphone tem um sensor com aproximação de 40 vezes. O recurso permite um resultado fantástico ao apontar a lente para elementos estáticos, com alta definição, nitidez e brilho nas imagens.

Poco M4

A Xiaomi segue uma linha de não concorrer apenas com os principais dispositivos premium, mas de oferecer intermediários potentes, mas acessíveis. E é nesse segmento que o Poco M4 Pro 5G deve se encaixar.

Embora seja um bom dispositivo, o smartphone sofre alguns cortes no número de recursos para diminuir o preço. Um exemplo é uma câmera não tão potente — por isso, ele não deve fazer tanto sucesso entre usuários que gostam de tirar fotos para postagens em redes sociais. Além disso, o smartphone não é resistente contra a água e também não tem compatibilidade com carregamento sem fio.

Poco X4 Pro 5G

O X4 Pro 5G é o primeiro dispositivo Poco, marca de propriedade da Xiaomi, a trazer uma câmera de 108 MP. Além disso, ele traz tela AMOLED de 120 Hz e um carregamento rápido de até 67 W. O modelo também deve chegar aos mercados do mundo todo com um preço mais acessível.

Assim como o M4, o smartphone teve alguns cortes para poder ser comercializado a baixo custo. No caso do X4 Pro, o corte foi no processador, que será o Qualcomm Snapdragon 695 — longe de ser o melhor chip disponível no mercado.

OnePlus 10 Pro

O OnePlus já foi lançado na China, mas na MWC 2022 teve lançamento anunciado para outros mercados, e deve sair no mundo todo ainda em março. Não sabemos ainda se ele será vendido no Brasil.

O modelo visa concorrer com outros do segmento premium e também aposta em um super conjunto de câmeras, sendo uma câmera principal de 48 MP, uma ultra-wide de 50 MP e uma câmera telefoto de 8 MP, além de uma frontal  de 32 MP.

O smartphone conta com o modo RAW+, que permite fotografar em formato RAW de 12 bits, ideal para pessoas terem mais liberdade para editar as imagens, sobretudo quem trabalha profissionalmente com edição.