O Torrent, apesar dos seus vários usos legítimos, sempre teve a reputação de ser algo impregnado pela pirataria que se faz usando o protocolo. Prepare-se para ver esse papo voltar à tona porque o uTorrent, um cliente muito popular, acabou de anunciar que passará a veicular anúncios.

Clientes de Torrent suportados por anúncios não são novidade, mas o uTorrent, apesar do seu tamanico (o instalador tem menos de 1 MB), é um gigante em seu segmento. Com mais de 125 milhões de usuários ativos por mês, o uTorrent é algo considerável, tanto que acrescentar anúncios à sua fórmula provavelmente renderá uns bons trocados. O uTorrent já fatura algo entre US$ 15 e 20 milhões com a sua barra de tarefas opcional e usa esse dinheiro para manter a empresa que o detém, BitTorrent Inc., funcionando. A inserção de anúncios no programa pode aumentar significativamente esse número.

Claro, o uTorrent é um cliente legal e anúncios são um meio legal de faturamento, mas considerando que o programa é largamente usado para piratear conteúdo protegido por direitos autorais, pode apostar que isso gerará atritos. Afinal, o “intermediário” começará a fazer dinheiro em uma atividade que em muitos casos não remunera o criador ou detentor dos direitos. O uTorrent merece crédito e facilita muitas atividades perfeitamente legais, como baixar distribuições Linux e filmes gratuitos via Archive.org. Mas que continua uma situação delicada, não há dúvida. [uTorrent via TorrentFreak]