Em janeiro, a Netflix aumentou seus preços nos EUA. Agora, chegou a vez do Brasil. Tal como lá, por aqui, todos os planos da empresa tiveram aumento. O mais barato passa de R$19,90 para R$21,90 por mês, enquanto o mais caro deixa de cobrar R$37,90, custando agora R$45,90 por mês.

Veja os novos preços:

  • Plano básico (uma tela, sem HD): de R$19,90 para R$21,90.
  • Plano padrão (duas telas simultâneas e HD): de R$27,90 para R$32,90.
  • Plano premium (quatro telas simultâneas e Ultra HD): de R$37,90 para R$45,90.

Os aumentos foram, respectivamente, de 10,05%, 17,92% e 21,10%. A página de assinatura do serviço já mostra os novos valores.

Tabela com novos preços da Netflix

Se você já é assinante, o preço também vai aumentar. Segundo a Netflix, os clientes serão notificados via app e por e-mail, e a mudança depende do ciclo de pagamento de cada um.

O último aumento tinha sido feito em 2017, mas não incluiu o plano básico. Antes disso, novos preços foram postos em prática em 2015 e 2014.

Consultado pelo Gizmodo Brasil, a Netflix enviou o seguinte comunicado explicando a mudança:

“Mudamos nossos preços de tempos em tempos para continuar investindo no melhor do entretenimento, além de melhorar a experiência da Netflix para nossos membros no Brasil”.

A Gazeta do Povo comenta que a estratégia faz sentido para investidores, que veem os novos preços como uma forma de aumentar a receita da empresa. Eles também entendem que o número de assinantes vem crescendo em bom ritmo apesar da concorrência — que deve ficar ainda mais acirrada com a chegada iminente do serviço de streaming de vídeo da Apple. A Netflix terminou o ano passado com 139 milhões de usuários, número recorde.

[G1, Gazeta do Povo]