O Netflix está sofrendo com uma confluência de notícias negativas. A base de assinantes cresceu menos que o esperado, e a HBO anunciou que lançará um serviço concorrente no ano que vem.

A empresa anunciou seus resultados financeiros, e mostrou que continua firme: receita e lucro cresceram no último ano, assim como sua base de assinantes, que aumentou em 3 milhões. E ela deve ficar ainda maior, já que o Netflix estreou em setembro na Alemanha, Áustria, Bélgica, França, Luxemburgo e Suíça.

Infelizmente, esse número está abaixo das expectativas do mercado e do próprio Netflix, que projetava um crescimento de 3,7 milhões. Resultado: as ações agora caem mais de 23%.

Por que esse crescimento abaixo do esperado? Isso provavelmente é resultado do aumento na assinatura ao redor do mundo – no Brasil, ela subiu de R$ 16,90 para R$ 19,90 mensais. O novo preço começou a valer em maio, mas Reed Hastings escreve em sua carta aos acionistas que o efeito só se manifestou agora: “a causa principal são os preços ligeiramente mais elevados que temos agora em comparação a um ano atrás”.

Hastings também comentou os planos da HBO. O canal anunciou que vai lançar, nos EUA, um serviço de streaming em 2015 sem exigir assinatura de TV a cabo (ao contrário do HBO Go). É possível, no entanto, que isto seja oferecido como um pacote adicional para planos de internet, em vez de algo separado como o Netflix.

O que o Netflix acha disso?

Desde 2011, dissemos que a HBO seria o nosso principal concorrente de longo prazo, particularmente em conteúdo. A concorrência irá conduzir ambos a sermos melhores. Era inevitável e sensato que eles oferecessem seus serviços como algo independente. Muitas pessoas vão assinar tanto o Netflix como a HBO, já que temos uma programação diferente, então acreditamos que provavelmente ambos prosperarão, à medida que consumidores migram para a TV na internet.

É quase um “bem-vindo, HBO”. Faz sentido que o Netflix tente tranquilizar seus investidores, mas resta ver como será o novo serviço da HBO. À medida que forem revelados mais detalhes, ele pode não ser tão bem-vindo assim.

De um jeito ou de outro, o Netflix continua em sua jornada de se tornar uma HBO, apostando em conteúdo original: eles farão seu primeiro filme original, uma continuação de O Tigre e o Dragão, mais quatro filmes exclusivos com Adam Sandler. [Netflix via GigaOM]

Imagem via Netflix Brasil Blog