Por mais bonito que seja o design do Galaxy 8 – ou do novo S9 – algumas pessoas não conseguem lidar com todas as mudanças que a Samsung faz no Android. É uma reclamação compreensível, especialmente porque não faz tanto tempo assim que a Touch Wiz, uma skin da empresa (que agora é chamada de Samsung Experience), era a principal responsável por causar lentidão nos celulares. Mas e se existisse um celular com a beleza do mais novo modelo da série Galaxy S, porém com Android limpo dentro? Aqui está a resposta: o Nokia 8 Sirocco.

• Tudo sobre a MWC 2018
Hands-on: Galaxy S9, um competidor à altura do iPhone X
• Nokia vai reviver o telefone de Matrix, e desta vez ele vem na cor amarela

No quesito design, o Sirocco é basicamente uma versão mais larga e ousada do Galaxy S8. (Créditos: Sam Rutherford/Gizmodo)

Colocando o Sirocco (cujo nome é uma homenagem a um lendário vento do sul do mediterrâneo – é uma coisa europeia) e o Galaxy 8 lado a lado (acima) você pode imediatamente ver as semelhanças entre eles. Ambos os celulares possuem um design de vidro com laterais arredondadas. A única grande diferença é que o Sirocco possui uma tela LCD 16:9 mais quadradona em comparação a vibrante tela OLED 18:9 encontrada no Samsung S8.

As especificações dos telefones também são bem semelhantes: o Sirocco possui um processador Qualcomm Snapdragon 835, 6 Gb de RAM, 128 Gb de armazenamento, carregamento sem fio Qi e até resistência à água IP67.

(Créditos: Sam Rutherford/Gizmodo)

Mas como mencionei antes, diferente de um dispositivo Galaxy S padrão, não há nada de TouchWiz dentro deste aparelho. Isto acontece porque o Sirocco faz parte da iniciativa Android One do Google, o que significa que as únicas versões Android que o Sirocco irá usar serão as puras. Que beleza.

(Créditos: Sam Rutherford/Gizmodo)

Na traseira, o Sirocco conta com duas câmeras, mas, durante o breve período que passei com o aparelho durante o evento de lançamento da HMD Global na MWC 2018, me pareceu que o processamento da câmera ainda não é tão capaz quanto o da Samsung. Por outro lado, os controles manuais da câmera do HMD são fantásticos.

(Créditos: Sam Rutherford/Gizmodo)

Depois de uma rápida avaliação do interior e exterior do aparelho, posso dizer que o único grande erro da HMD foi remover o plug de fone de ouvido do telefone. Mas essa é uma pequena ofensa em um aparelho que tem tudo para ser muito bom. Então, para quem sempre quis saber como seria um Galaxy S com Android puro, aí está a resposta: é o Nokia 8 Sirocco.

A falta de plug de fone de ouvido é o único grande erro do Sirocco. (Créditos: Sam Rutherford/Gizmodo)

O Sirocco deve chegar aos mercados europeus em abril por 750 euros, e apesar de ainda não termos informações sobre a disponibilidade dele nos EUA e no restante do mundo, em nome de todos os Android puro-maníacos, eu espero que seja lançado em mercados internacionais.