O nono dígito para números da telefonia móvel em breve deixará de ser exclusividade dos paulistas. Na verdade já sabíamos que essa mudança, feita para estender a quantidade de números disponíveis para o insaciável mercado nacional, chegaria ao restante do país. Agora, porém, sabemos quando.

A Anatel detalhou, ontem, o cronograma de acréscimo do nono dígito para todos os estados brasileiros. Segue a lista, compilada pelo Tecnoblog:

  • Até dezembro de 2013: São Paulo (interior);
  • Até dezembro de 2014: Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Rio de Janeiro e Roraima;
  • Até dezembro de 2015: Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Sergipe, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte.
  • Até dezembro de 2016: Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Tocantins

Os transtornos que essa mudança geram a gente já sabe: ter que atualizar agendas (ou comprar um app para fazer isso) e lidar com incompatibilidades de apps que dependem do número, como o WhatsApp e iMessage. Mas como a demanda por novos números é grande e não dá sinais de que diminuirá (ao final de setembro tínhamos 258,86 milhões de linhas!), é uma medida inevitável. Claro, daria para fazer uma limpa nos números fora de utilização e recolocá-los à venda, mas deve haver alguma explicação, técnica ou mercadológica, pela preferência ao nono dígito. [Tecnoblog. Foto: Stuart Dallas/Flickr]