O Google apresentou um recurso que permite aos pais de pet encontrarem um sósia do seu bichinho em obras da História da Arte. A nova ferramenta “Retratos de animais de estimação” te ajuda com isso.

Pet Portraits é uma parte do aplicativo Arts & Culture do Google e é a maneira engenhosa da empresa de inspirar nossos cérebros a se afastarem do TikTok para conferir algumas artes interessantes de animais de estimação. Com o Pet Portraits, o Google usa visão computacional e tecnologia de aprendizado para combinar uma foto do seu animal de estimação com dezenas de milhares de obras de arte, incluindo pinturas, esculturas e fotos antigas.

“Seu animalzinho pode ser comparado com estatuetas egípcias antigas, arte de rua mexicana vibrante, aquarelas chinesas serenas e muito mais”, escreveu o Google em seu blog anunciando o recurso na segunda-feira (8).

Encontrar o duplo do seu bichinho na História da Arte é fácil. Para este teste usei fotos da minha gata Leia, de seis meses. A ferramenta vai além de cães e gatos, o Google afirma que também trabalhará com peixes, pássaros, répteis, cavalos ou coelhos.

Para começar, selecione o ícone da câmera com a cor do Google no meio do aplicativo Arts & Culture. Isso deve levá-lo automaticamente para Retratos de animais de estimação. Se você se perder — o Google tem muitos outros recursos interessantes de câmera nesta parte do aplicativo — basta procurar o ícone de gato verde.

Assim que você chegar aos Retratos do animal de estimação, o Google solicitará que você fotografe o seu animal de estimação. Como Leia estava cochilando tive que usar fotos que já havia tirado dela.

Após escolher uma foto, o resto é bem simples! O Google analisará a foto e fornecerá uma série de resultados com base  em semelhantes ao seu animal de estimação.

Ao clicar na arte, você verá seu nome e também terá a opção de aprender mais sobre ela. Para a foto que escolhi, o Google me mostrou várias obras, mas a que mais me chamou a atenção e me interessou foi uma pintura de 1885 chamada “Tommy” de Antoinette Margot. “Tommy” apresentava o gato de mesmo nome da fundadora da Cruz Vermelha americana Clara Barton, e o Google disse que a obra de arte correspondia a 79% para minha gatinha.

 

Curioso sobre os resultados que as outras fotos de Leia trariam, decidi enviar uma delas fazendo uma de suas coisas favoritas: mordendo algo. O primeiro resultado, com índice de compatibilidade de 87%, foi a pintura do século 18 intitulada “Retrato de uma menina com um gato branco” de Catherine Lusurier.

Embora o gato na pintura pareça muito mal-humorado para ser exatamente como o meu, os olhos são muito semelhantes.

Assine a newsletter do Gizmodo

Neste caso, no entanto, Arte e Cultura não me forneceu mais informações sobre a pintura, embora pareça não ser por culpa própria. O High Museum of Art de Atlanta, que contribuiu com a pintura para o aplicativo, também não tem uma descrição on-line e apenas a classifica como “arte europeia”.

Sempre que você faz upload de uma foto, Retratos de Animais de estimação oferece duas opções para compartilhar seus resultados. Você pode salvar a colagem de sua foto e uma obra de arte específica como uma imagem ou criar uma apresentação de slides de vídeo com todos os seus resultados.