O Galaxy S4 está entre nós, e como era de se esperar, muita, mas muita gente quis mexer no novo monstrinho da Samsung após o evento da empresa. Como o espaço era pequeno e abarrotado, deixemos o hands-on mais detalhado para amanhã, com mais calma — as condições para analisar peso, melhorias da câmera e até o software do aparelho eram péssimas. Aproveitemos para dar uma olhada em algumas fotos (e GIFs) que fizemos hoje para mostrar detalhes e algumas funções do aparelho. Confira comigo:


O Galaxy S4 se parece um bocado com seu antecessor, mas uma coisa é clara: o salto da tela para 1080p é sensível em várias situações.

IMG_1054


Vídeos, por exemplo, ficam uma belezinha:

IMG_1144


Mas o acabamento do aparelho ainda é todo de plástico, o que ainda passa a sensação de “vale tudo isso mesmo?”

IMG_1071


Pelo menos a lateral deu uma embelezada (mas não, isso não é alumínio):

IMG_1072


No software, o sistema de scroll por movimento é bacana. Mas só quando ele funciona, o que não foi muito frequente no rápido teste. E, se ele falha, você percebe que tocar na tela e rolar o dedo é tão simples quanto.


Há também o Samsung Hub que, aqui entre nós, lembra muito o Windows Phone 8 como um todo: transições laterais, belas fontes, conteúdo. Não sei se a Microsoft gostou do que viu.


A nova capinha do Galaxy S 4 tem o curioso detalhe de ter uma abertura na parte frontal.

IMG_1075


Dá pra ver como ela funciona aqui:


Aqui temos um caso de “Yo dawg, I heard you don’t like voice feedback, so I put a no voice feedback in your voice feedback”.

IMG_1131


E avisamos desde já que não sabemos quem é a Jane. Nem a Julia.

IMG_1106


Amanhã terei mais tempo com o Galaxy S 4 e, aí sim, poderei dar uma opinião mais correta sobre o aparelho. Mas desde já deixo aqui minha curiosidade: esse é o primeiro Galaxy S que não é uma grande revolução em relação ao seu antecessor. Evolução, não revolução. E, como já falamos isso antes, isso deve ser encarado normalmente — ninguém consegue revolucionar todo ano. A Apple já passou por isso, e mesmo sendo criticada pela ausência de evolução no iPhone 4S, vendeu o aparelho como água por ter criado um nível de fidelidade enorme com seu público. O Galaxy S 4 será o aparelho ideal para ver se nessa jornada do Android e milhões de aparelhos vendidos, a Samsung também conseguiu criar seu público fiel. Mais sobre isso amanhã.

O Gizmodo Brasil viaja a convite da Samsung.