Este, meus amigos, pode ser o fim da guerra dos fanboys de smartphones. Eu posso dar a minha opinião aqui, o resto da comunidade de tecnologia também… Mas o Todo Poderoso, por meio de seu escolhido papal, escolheu o vencedor.

Para a celebração do nascimento de Cristo, o Papa Bento XVI irá acender remotamente uma gigantesca árvore de natal localizada a mais de 200 quilômetros de distância.

Mas, prepare-se, escândalo! Ele fará isso por meio do novo gadget favorito do Senhor, segundo a MSNBC, com informações direto da rede de notícias do Vaticano:

Bento XVI irá ativar a iluminação de seu apartamento no Palácio Apostólico do Vaticano. Ele tocará a tela de um “Tablet” Sony com sistema operacional “Android” que, por meio da internet, transmitirá o comando para mudar a corrente elétrica da árvore.

Será que esse “Tablet” com “Android” será o Sony S? Tanto faz. Os céus se abriram e escolha é clara: o Papa escolheu Android. Se você é um dos mais de um bilhão de católicos no mundo, fique feliz.

Em notícias relacionadas, meio triste pensar em como nós entramos em decadência quando o assunto é acender uma árvore de Natal. Moisés não precisou de “Tablet” nenhum. [MSNBC]

Foto original: Thomas Niedermueller/Getty