O que acontece se você ligar 911 no Brasil? A Anatel esclarece

Há dez anos, esse número entrou para a lista de contatos de emergência e serviços de utilidade pública no Brasil. Saiba como utilizar
iPhone 14 aciona emergência sozinho quando usuário sobe na montanha russa
Imagem: Reprodução/Unsplash

Quem nunca ouviu falar sobre o famoso número de emergência 911, citado em músicas e filmes dos Estados Unidos? Há dez anos esse mesmo número entrou para a lista de contatos de emergência e serviços de utilidade pública no Brasil, bem como o 112 — o código padrão para serviços de emergência na Europa.

A decisão foi tomada em 2013 pelo Conselho Diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), e a medida permanece até os dias de hoje.

De olho na Copa do Mundo e nos Jogos Olímpicos, a Anatel decidiu adotar os padrões internacionais em função dos visitantes estrangeiros, com o intuito de facilitar o atendimento a esse público em caso de urgências de saúde e segurança.

Embora tenha se popularizado por conta dos filmes norte-americanos, que mostram muitas situações em que o 911 é acionado para emergências, muitos brasileiros ainda não sabem que o código também funciona no país.

Na verdade, esses números acabam passando batidos até mesmo em informativos oficiais do governo.

O que acontece se você ligar 911?

O tradicional 190 continua valendo, como sempre. Porém, se você discar 911 ou 112, a ligação será redirecionada para a central que atende o 190. Ou seja, os telefones funcionam para chamadas de emergência, especificamente para acionar os serviços da Polícia Militar.

A única diferença é que esses dois números – 911 e 112 – funcionam exclusivamente por chamadas feitas pelo celular; no telefone fixo não vale.

Além disso, as operadoras de telefonia também são obrigadas a fornecer a localização geográfica do usuário, caso realize esse tipo de chamada. O objetivo é facilitar o mapeamento da pessoa caso seja vítima de violência ou tenha a saúde em risco.

Demais contatos de emergência no Brasil

  • 193: Corpo de Bombeiros
  • 191: Polícia Rodoviária Federal
  • 198: Polícia Rodoviária Estadual
  • 199: Defesa Civil
  • 192: SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência)
  • 180: Central de Atendimento à Mulher no Brasil
  • 100: Direitos Humanos
  • 151: Procon
  • 146: Receita Federal

Assine a newsletter do Gizmodo

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas