Sim, eu sei que é algum fenômeno elétrico, mas que linha é essa subindo? Meu melhor chute: um balão preso a um cabo de metal no meio de uma tempestade, servindo como um grande para-raios.

Cheguei perto, mas nem o bastante. Este é o rastro de um foguete, como mostra o vídeo:

Um foguete de relâmpago pode ter um propulsor sólido com sais de césio, que produz um caminho condutor quando os gases de exaustão são expelidos do foguete, lançado para a camada estática de uma cumulonimbus [nuvem de trovoada em grande altitude]. Um para-raios condutor, que está no solo e posicionado ao lado do tubo de lançamento para o propulsor sólido, fica ligado ao caminho condutor, para dessa forma controlar o momento e localização de um relâmpago na nuvem. Em um foguete com propulsor líquido, usa-se uma solução de cloreto de cálcio para formar um caminho condutor até a nuvem. À medida que o foguete voa até a nuvem, este líquido é expelido, formando no ar uma coluna de partículas que são mais eletricamente condutoras que o ar ao redor. Da mesma forma que o sistema com propulsor sólido… este caminho condutor leva o relâmpago até o chão, para se controlar o momento e localização de um relâmpago na nuvem.

E cá estava eu, esperando que alguém produzisse uma versão com zoom, mostrando o Thor na parte de baixo. [Wikipédia]