A lentidão no computador é um problema inevitável. Todo mundo já passou, passa ou irá passar em algum momento.

Por mais que os PCs modernos tenham grande poder de processamento, o lançamento de novos sistemas operacionais e novas versões de softwares –cada vez mais pesados, diga-se– acabam exigindo mais e mais dos computadores.

Para dar aquela acelerada, muita gente acaba buscando meios alternativos para dar mais velocidade aos PCs.

O que leva à pergunta: ocultar ícones na área de trabalho economiza memória RAM no computador?

A resposta mais curta é: sim e não!

Vamos lá:

Resposta: sim

É claro, estamos falando aqui apenas das “imagens” dos ícones ou atalhos. Os arquivos e softwares associados aos ícones não serão carregados até que você clique neles de fato.

Em teoria, ocultar esses ícones significa, sim, menos carga no processamento e na memória RAM do PC.

Cada vez que o computador é ligado, ele precisa carregar individualmente cada ícone disposto na área de trabalho. Geralmente, a imagem de fundo é a primeira a ser renderizada na tela, para depois carregar os ícones.

Boa parte dos desktops trabalham “repintando” a tela do PC, pixel por pixel, a cada poucos milissegundos, para dar aquela ilusão de animações, movimento de arquivos, mudanças da hora, entre outros.

Além disso, se o ícone estiver armazenado em um arquivo do tipo “.dll” ou “.exe”, e o computador estiver rodando um software antimalware, o PC poderá usar parte do desempenho para fazer a análise de segurança do arquivo. A coisa piora se esse arquivo executável for grande ou existirem vários deles na área de trabalho.

Ou seja, uma forma de “economizar” performance seria mesmo ocultar os ícones ou armazená-los dentro de uma única pasta.

Resposta: Não

Por outro lado, de forma prática e na maioria dos casos, a resposta para a pergunta seria um retumbante “não”.

De forma geral, os arquivos de imagens dos ícones são extremamente pequenos, carregando quase que instantaneamente, principalmente durante o processo de inicialização. A partir daí os ícones já estão armazenados na memória, podendo ser exibidos rapidamente.

Por mais que a renderização de ícones exija um certo grau de processamento, ele é tão insignificante que não irá afetar de forma significativa na performance do computador.

Então… Como economizar RAM?

Existem outras maneiras mais efetivas que podem ajudar a economizar memória do PC, bem como espaço no disco.

A primeira delas é instalar atualizações de sistema sempre que disponíveis, para corrigir potenciais bugs e falhas que podem tornar o computador mais lento.

Fique de olho nos programas que são executados em segundo plano durante a inicialização. Softwares de antivírus ou firewall são importantes, porém, qualquer outro programa desnecessário deve ser desativado.

Pense na possibilidade de desinstalar softwares que não usa e mova todas as fotos e vídeos para a nuvem ou alguma mídia externa (pendrives e HD externos).

Algumas vezes, um computador lento pode ser apenas um problema na configuração da gestão de energia. O PC pode ter entrado “acidentalmente” em um modo de baixo desempenho ou de economia de bateria.

Finalmente, se o PC ainda continua lento após essas considerações, pense na possibilidade de investir na compra de um HD do tipo SSD ou em uma placa de memória e de vídeo mais potente, dando aquela turbinada no computador.

Mas como ocultar os ícones na área de trabalho?

Porém, se você ainda gostaria de ocultar os ícones da área de trabalho, os sistemas operacionais permitem essa possibilidade.

No Windows 7 e versões posteriores, por exemplo, para mostrar ou ocultar ícones, basta clicar com o botão direito do mouse na área de trabalho. Após, selecione “Exibir” e, em seguida, clique na opção “Mostrar ícones da área de trabalho”.

Essa opção não exclui os ícones, apenas os oculta até que o usuário escolha exibi-los novamente.

Ainda no menu “Exibir” é possível escolher exibir ícones grandes, médios e pequenos.