Eu sou fã de smartphones baratos, e estou completamente convencido de que você não precisa pagar caro por um ótimo smartphone. O novo OnePlus X, que custa US$ 250, é prova disso: ele é absurdamente bonito, especialmente se você leva em conta o preço.

O design lembra o Sony Xperia Z, com o mesmo posicionamento da câmera, bordas planas e traseira de vidro. Mas a OnePlus diz que não colocou a câmera no centro simplesmente para dar mais espaço ao sensor da Sony – são 13 megapixels! Além disso, as bordas têm sete entalhes para torná-las mais texturizadas que um alumínio liso.



Na traseira, o vidro salta das laterais, em vez de ser apenas um painel liso como em smartphones Xperia. Carl Pei, fundador da OnePlus, nos disse que a inspiração para o painel traseiro veio do menisco convexo de um copo transbordando água. É como a tela do iPhone, só que na parte de trás.

OnePlus X (2)

Há uma versão de porcelana (acima), que custa US$ 350 e é um pouco diferente. Em vez de uma borda curva, há um ângulo mais agudo que se inclina em direção às bordas, mas você mal consegue notar a diferença. O único problema de usar materiais como vidro e porcelana é que o OnePlus X rapidamente fica suo com suas impressões digitais – é melhor manter um pano à mão.

Com um ótimo design, o OnePlus X combina elementos do One original com o novo OnePlus 2, tudo envolto em vidro ou porcelana.

A empresa economizou em alguns componentes para chegar a um preço mais baixo. Por exemplo, o OnePlus X tem um Snapdragon 801, mesmo processador usado no ano passado pelo One original.

Carl Pei diz que está confiante com o processador, mencionando que foi basicamente “o chip que construiu a OnePlus” em primeiro lugar, e ainda pode ultrapassar o desempenho de chips Snapdragon 400 ou 600 normalmente encontrados em smartphones abaixo de US$ 300. Mas isso poderia ser um problema se você quiser que o seu aparelho seja mais compatível com tecnologias futuras (como apps).

Além disso, ele não traz a porta USB Type-C reversível: temos aqui uma antiga entrada microUSB.

OnePlus X (3)
OnePlus X e OnePlus 2

O OnePlus X também traz algumas coisas do mais recente carro-chefe da OnePlus, incluindo os 3 GB de RAM e o botão de hardware no lado direito que configura as notificações para todos, prioridade ou nenhuma. Ele também roda Oxygen OS, a modificação do Android que estreou no OnePlus 2 – agora com um recurso de rádio FM.

O sistema operacional ainda é baseado no Lollipop, mas Pei diz que uma versão com Android 6.0 Marshmallow está chegando, e que muitos recursos – como o Doze para economizar bateria – já estão disponíveis no Oxygen OS.

OnePlus X (4)

O OnePlus X é o primeiro smartphone da empresa a usar uma tela AMOLED – são 5 polegadas com resolução Full-HD. Para aproveitar a economia de energia no AMOLED, a OnePlus acrescentou diversos elementos na cor preta à interface do usuário, não só para combinar com o exterior do aparelho, mas também para manter os pixels desligados e consumir menos bateria.

O OnePlus X estará à venda a partir de 5 de novembro; a versão de porcelana virá mais tarde em edição limitada (apenas 10 mil unidades em todo o mundo). No primeiro mês, a OnePlus vai usar o sistema de convites à medida que eles aumentam a produção; depois, eles também vão abrir períodos de vendas diretas.

A OnePlus não entrega para o Brasil – só para estes países – então talvez seja a hora de falar com aquele seu amigo no exterior.

OnePlus X (1)

Especificações – OnePlus X

Processador: Snapdragon 801
Tela: 5 polegadas AMOLED com resolução 1920×1080 (441 PPI)
RAM: 3 GB
Armazenamento: 16 GB + microSD de até 128 GB
Câmera: traseira de 13 megapixels (f/2.2 e vídeo 1080p) / frontal de 8 megapixels
Bateria: 2.525 mAh
Sistema operacional: Oxygen OS 5.1 baseado em Android 5.1
Dimensões: 140 x 69 x 6,9 mm
Peso: 138 g (160 g na versão com cerâmica)
Cores: ônix e cerâmica
Preço: US$ 250 a US$ 350 (dependendo do material)