Big Lens (U$0,99): App para editar fotos simulando profundidade de campo. Consegue simular várias aberturas de diafragma e tem efeitos bem diferentes. Não se compara com uma DSLR de verdade, mas pode quebrar um galho quando você quiser uma foto um pouco mais “artística”.

BoaLista (Grátis): App que ajuda a economizar tempo e dinheiro. Você pode fazer a lista de compras, procurar onde os produtos estão em oferta, acompanhar os gastos enquanto faz as compras e pesquisar o preço de um produto através do código de barras.

 

Shantae: Risky’s Revenge (Demo Grátis; Jogo Completo U$2,99): Platformer divertido sobre uma meio-gênia (sim, do tipo Jeannie é um gênio, só que metade humana) que cuida de uma cidade. Foi lançado primeiro no DSiWare e agora chega no iOS. Clássico, desafiador, divertido e pixelado.

 

http://www.youtube.com/watch?feature=&v=KHgnKlHs2x8

Zombieville USA 2 (US$ 1): Um charmoso jogo sobre zumbis, com personagens diferentes e uma grande variedade de armas para mandar, com muito estilo, os zumbis de volta para o lugar de onde nunca deveriam ter saído. Bastante carismático e capaz de garantir muitas horas de distração.

 

http://www.youtube.com/watch?feature=&v=mdF0EvDwH-Y

Modern Combat 3: Fallen Nations (US$ 7): Modern Combat 3 é um  fantástico shooter em primeira pessoa para seu dispositivo iOS. Existem 13 missões que levam você de Los Angeles até o Paquistão, uma boa história para o app e vários tipos de modo de gameplay também (escolta, destruição, helicóptero, etc.). Existe também modo multiplayer com jogos como capture a bandeira, destruição, e outros jogos para batalhar com 12 jogadores. É tipo Call of Duty, mas no seu smartphone.

 

The Amazing Typewriter (US$ 2): É um app que simula a sensação de digitar em uma máquina de escrever antiga. Você pode reposiciona-la onde quiser na tela e carimbar por cima dos caracteres desalinhados e sujos que você já digitou. Além do efeito nostálgico, tem o uso de imagens de cartões de mimeógrafos com muita textura que você usa para fazer suas anotações, e-mails, reflexões e manifestos parecerem que são uma exposição de antiguidades. Seus trabalhos podem ser publicados em uma galeria online que também pode ser acessada através do app, permitindo que você faça download e escreve comentários na criação de outros usuários.

 

Shoebox (Grátis): O Shoebox torna realmente fácil os passos para digitalizar todas as suas fotos impressas. Você apenas usa a câmera do iPhone para tirar uma foto da imagem antiga, recorta a imagem com a inteligente ferramente crop, adiciona tags e compartilha com todos os seus amigos da mesma maneira que você faria com o Instagram. Sua nova foto digital é igual a foto impressa e você tem todas as novas funções sociais de compartilhamento.

 

Wall of Sound (Grátis): Expanda seus horizontes musicais usando mais este app de descoberta de músicas. Ele é extremamente simples: ao ser aberto, mostra um mosaico com músicas. Esse mosaico inclui não apenas as que você tem no seu iPad, mas também outras relacionadas, que você pode conhecer através de prévias do iTunes no próprio app. Obviamente, pode comprá-las também. Quando cansar do mosaico gerado, pode gerar outro balançando o iPad, ou filtrar por gêneros específicos. Ótimo para passar o tempo ouvindo coisas novas – especialmente na Apple TV, já que o app funciona com AirPlay.

 

GarageBand (US$ 5): Se você ainda não tem o GarageBand, provavelmente é porque não tem um iPad. Sua desculpa acabou: a versão 1.1 do melhor editor musical que os seus dedos podem tocar agora é um app universal, o que significa compatibilidade com iPhones e iPods Touch. Mais do que isso, ele resolveu alguns probleminhas antigos, como a impossibilidade de configurar acordes nos instrumentos “Smart” e uma sensibilidade estranha na hora de prever com que velocidade você atinge as teclas do piano ou os tambores da bateria. Agora só falta um pouco mais de flexibilidade no que diz respeito a importação e exportação de faixas, e teremos um aplicativo perfeito para os compositores amadores.