É, meus amigos. Aconteceu. Depois de semanas imaginando o que, exatamente, a conta do Instagram @world_record_egg estava tentando promover, temos a nossa resposta.

É o Hulu, serviço de streaming de vídeo disponível nos Estados Unidos, que concorre com a Netflix.

Quando o ovo conseguiu superar a marca de post mais curtido de todos os tempos no Instagram há cerca de duas semanas, sabíamos que seria inevitável a tentativa de nos vender algo.

A primeira publicação surgiu no dia 4 de janeiro e uma outra apareceu no dia 18, com a casca ligeiramente quebrada. Já era um indicador claro de que marcas estariam prestes a se aproveitar disso.

O ovo – que agora está decorado com os cordões de uma bola de futebol americano – tuítou nesta sexta-feira (1º) que irá revelar o seu segredo no domingo, dia do Super Bowl, no Hulu. Agora, quanto dinheiro fizeram com essa conta? É uma boa pergunta.

Taylor Lorenz da Atlantic conversou nesta semana com Nik Sharma da VaynerMedia que disse que assegurar uma posição de “primeira marca a quebrar o ovo” custaria pelo menos US$ 10 milhões.

Essa quantia parece extraordinária. O ovo tem 9 milhões de seguidores e influenciadores com o dobro de audiência consegue ganhar até US$ 20 mil por publicação, de acordo com o MarketWatch. A notoriedade inegável do ovo, no entanto, oferece uma oportunidade de marketing única.

E se Kylie Jenner, que foi superada pelo ovo com o post mais curtido, é capaz de ganhar US$ 1 milhão por publicação, certamente esse esquema aí de chocar o ovo também pode faturar alguns milhões – especialmente durante o Super Bowl.

Pelo menos a gente espera superar esse ovo no domingo para nunca mais falar dele.

[Instagram]