Painéis solares transparentes podem virar janela que gera eletricidade

Técnica pode permitir que, no futuro, janelas, fachadas de prédio e até telas de smartphones gerem energia elétrica
Painéis solares transparentes podem virar janela que gera eletricidade
Imagem: EPFL/Divulgação

Cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausane, na Suíça, atingiram um novo recorde de eficiência energética usando painéis solares transparentes. A técnica pode permitir que, no futuro, janelas, fachadas de prédio e até telas de smartphones possam gerar eletricidade.

whatsapp invite banner

A tecnologia consiste em utilizar células solares sensibilizadas por corantes, chamadas de DSCs. Segundo estudo publicado na revista científica Nature, a energia é gerada a partir de filmes formados por nanocristais de dióxido de titânio mesoporoso, trabalhando em conjunto com eletrólitos.

Além de transparentes, os novos painéis também são flexíveis, podem ser multicoloridos e, ainda, contam com a vantagem de ter baixo custo de fabricação – usando técnicas convencionais de impressão em rolo. A relação preço/desempenho também é boa o suficiente para permitir que eles concorram com a geração elétrica a combustível fóssil.

Durante a pesquisa, a eficiência de conversão de energia ficou entre 28,4 e 30,2%, com os painéis operando normalmente durante de 500 horas de testes. Eles não apenas produzem energia renovável, mas também protegem o interior de edifícios da luz solar direta, reduzindo, assim, a necessidade de ar condicionado.

Como destacou o jornal britânico The Independent, as primeiras aplicações comerciais dos painéis solares transparentes já estão sendo feitas em fachadas de vidro, claraboias e estufas. O novo centro de convenções da própria Escola Politécnica de Lausane também está sendo equipado com uma fachada de vidro composta por essas células solares.

Por enquanto, os painéis solares transparentes ainda não atingem a mesma taxa de eficiência dos painéis tradicionais. Porém, os pesquisadores suíços afirmam que o estudo abre caminho para novos painéis com melhor desempenho, além da possibilidade de usar a tecnologia como fonte de alimentação e substituição de bateria para dispositivos eletrônicos que exigem baixa potência de energia.

Hemerson Brandão

Hemerson Brandão

Hemerson é editor e repórter, escrevendo sobre espaço, tecnologia e, às vezes, sobre outros temas da cultura nerd. Grande entusiasta da astronomia, também é interessado em exploração espacial e fã de Star Trek.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas