Os papéis de parede do Windows geralmente têm alguma história interessante: é o caso daquela foto com as colinas verdes no XP; e das imagens psicodélicas no Windows 7. Para o Windows 10, a Microsoft usou projeções a laser, mapeamento de câmera e manchas de luz ao criar o papel de parede padrão.

>>> Fotógrafo conta a história por trás do famoso papel de parede do Windows XP

Um vídeo da Microsoft diz que a empresa quis criar algo “vibrante e experimental”, usando luzes e o logotipo do Windows:

Alguns exemplos seguem nas imagens abaixo:

Windows 10 - papel de parede (1)Windows 10 - papel de parede (4)

No entanto, o design final escolhido é mais conservador; quem sabe a Microsoft ofereça variações deste papel de parede na versão final do Windows 10. A ideia é ver o logotipo do Windows como um portal – ou, digamos, uma janela.

Windows 10 - papel de parede (2)

Esta é mais uma obra de Bradley G. Munkowitz, também conhecido como GMUNK. Ele passou o ano de 2010 liderando a equipe responsável por criar “12 minutos de conteúdo holográfico” para o filme Tron: O Legado. Isso inclui os créditos de abertura, a cena final e os fogos de artifício na batalha de motos de luz:

GMUNK também criou vídeos para a Sony, Audi, Adidas e Adobe – inclusive, este último trabalho lembra o que ele fez para a Microsoft agora. O portfólio completo dele está aqui.

O papel de parede começará a ser distribuído para todos a partir de 29 de julho, quando o Windows 10 chega como uma atualização gratuita. Há 1,5 bilhão de usuários de Windows em PCs. [Microsoft via The Verge]