O Pentágono confirmou nesta terça-feira (13) a autenticidade de um vídeo do cineasta e documentarista Jeremy Corbell que mostra objetos triangulares voando sobre o convés de um navio de guerra da Marinha dos Estados Unidos.

O clipe é curto — são apenas 18 segundos — e foi gravado com um dispositivo de visão noturna que capturou os objetos voadores não identificados. Embora o vídeo tenha sido divulgado só agora, a data em que o clipe foi filmado é julho de 2019, quando foram capturadas imagens do convés do contratorpedeiro USS Russell, na costa sul da Califórnia. A princípio, se pensavam ser drones, que também produziam uma espécie de “zunido” a cerca de 200 metros de altura.

Sue Gough, porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, disse ao site Mystery Wire (especialista em OVNIS) que os objetos foram descritos como “pirâmides voadores”, justamente pelo formato triangular. Gough também confirmou que as fotos e vídeos mencionados foram feitos por oficiais da Marinha, e que os conteúdos já foram inclusos na lista de eventos investigados pela Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados, dentro do Pentágono.

Ainda segundo Gough, cerca de um mês depois, nos dias 14 e 15 de julho, os marinheiros dizem ter avistado drones nos céus, e que nem todos eram iguais. “Alguns eram como luzes que faziam padrões e giravam em 90 graus. Outros tinham uma luz de cor diferente, como vermelho”, contou. Um relatório oficial com mais informações deve ser divulgado em junho deste ano.

Assine a newsletter do Gizmodo

Muita calma nessa hora

Antes que apareçam mais teorias da conspiração, é preciso destacar um ponto importante: o Pentágono investiga há décadas esse tipo de evento e, necessariamente, não tem nada a ver com vida alienígena ou naves extraterrestres. A sigla “OVNI” se refere a objetos voadores que, num primeiro momento, não puderam ser denominados — e por isso a investigação final sobre o caso deve ser oficializada daqui dois meses. Portanto, o que a porta-voz do Departamento de Defesa confirmou foi que as imagens são sim reais e dizem respeito a um objeto voador ainda sem identificação.

Mick West, um cético que tenta desvendar vídeos e imagens relacionados a OVNIS, publicou um vídeo em seu Twitter mostrando que a filmagem das “pirâmides voadoras” possa ter partido de um smartphone através de uma câmera monocular com visão noturna. Assim, os objetos podem ser nada mais do que aeronaves comuns, mas graças ao efeito ótico chamado “bokeh” (que desfoca), as luzes de uma aeronave podem ter sido capturadas com distorção, criando a sensação de que eram triângulos.

[Mystery Wire, Tilt]