A Pet Airways foi projetada para cuidar, sim, do seu melhor amigo. Com pausas para cocôzinho e atendentes verificando constantemente o conforto do seu bichinho de estimação, eles viajarão no mais completo luxo. Mais ou menos, vai.

Como nenhum humano além da tripulação é permitido (e por não haver cintos de segurança exatamente eficientes que impedirão o seu bicho de estimação de detonar com o avião), os seus cães e gatos ainda precisarão viajar trancafiados em suas respectivas jaulas. Mas pelo menos eles estarão acondicionados na cabine principal com temperaturas “perfeitas”, com vias de circulação de ar fresco distantes do compartimento de bagagem. Afinal, como diz o narrador cafona, “Nossos animais de estimação não são bagagem….eles são pata-geiros!”. Pegou, pegou?

A Pet Airways começará a operar agora em julho em vôos limitados entre Los Angeles, Chicago e Nova York, com tarifas a partir de 150 dólares para viagem só de ida – na verdade, não muito mais do que as empresas aéreas cobram para enfiar o seu gato no compartimento de bagagem. [Pet Airways via Laughing Squid]