A Panasonic GH2 é uma câmera intermediária micro quatro-terços que custa, lá fora, US$ 900. É um produto decente, mas do qual nunca se esperaria competição com uma DSLR profissional, certo? Bem…

Acontece que a GH2 tem um recurso de vídeo que bate o atual paradigma de vídeos DSLR, a Canon 5D Mark II, sem falar na sua revisada sucessora, a 5D Mark III. Surpreendentemente, a GH2 entrega vídeos com mais detalhes e definição claramente superiores aos de ambas as 5Ds.Os resultados podem ser vistos no vídeo acima, conduzido pelo EOSHD, junto com uma detalhada análise.

Então isso significa que você deveria ir correndo comprar uma GH2 enquanto tira aquele sarro de quem acabou de investir alguns milhares de dólares em uma 5D? Hm, não exatamente. O ponto é: detalhe e definição não são tudo o que importa para se fazer uma grande câmera de vídeo. Em quase todos os outros aspectos, a 5D ganha — especialmente a Mark III. Desempenho com pouca luz, controles de áudio, menor profundidade de campo, opções de lentes, tudo isso contribui para a capacidade de criar filmes sensacionais.

EOSHD reclama da Canon pela sua incapacidade em melhorar essas especificações nos quatro anos que separaram os lançamentos da 5D Mark II e Mark III. Ainda assim, numa visão mais ampla, a GH2 pode produzir imagens mais claras, mas se você está em busca de uma ferramenta profissional com recursos bem definidos, o custo de uma 5D se justifica.

Claro, o papo sobre o desempenho da Nikon D800 está aquecendo a discussão. Ainda não vimos comparações em vídeo direta entre ela e a Mark III, mas elas estarão muito em breve inundando a Internet. [EOSHD]

Vídeo: