Em 2013, a agência municipal de transportes de San Francisco planeja instalar 360 pontos de ônibus com painéis de energia solar e roteadores Wi-Fi.

Os pontos custarão por volta de US$ 30 mil, o que soa caro, mas eles serão muito eficientes no consumo de energia. A energia não utilizada pelos pontos alimentará a rede elétrica da cidade, e os pontos serão iluminados por LEDs, quase quatro vezes e meio mais econômicos do que as atuais lâmpadas fluorescentes. É vergonhoso admitir que estou bem mais empolgado com a cobertura Wi-Fi do que com a economia de energia? Porque eu estou. [Popular Mechanics]