Mais de 35 tornados atingiram os Estados Unidos na última sexta-feira (10). O estado de Kentucky foi o mais prejudicado: o número de mortes estimadas ultrapassa a casa de 100. 

O episódio é considerado raro, já que tornados dessa magnitude são mais comuns nos EUA nas épocas da primavera e verão. Dados da agência governamental Storm Prediction Center mostram que, entre os anos de 1991 e 2010, foi registrada uma média bem inferior, de 24 tornados, ocorridos nos EUA no mês de dezembro.

O fenômeno físico que explica a ventania

O que ocorreu no Kentucky foi a formação da chamada supercélula, o tipo mais forte de tempestade. Mas pesquisadores chamam a atenção para a longa duração do tornado, que só ocorre em condições perfeitas.

Para que a tempestade se mantenha por horas, é preciso ter um forte cisalhamento de vento vertical, ou seja, correntes que aumentam a velocidade ou se deformam a depender da altura em que estão. Além disso, é preciso ter acesso contínuo ao ar quente e úmido que está próximo à superfície terrestre.

O pior é que, caso ocorram muitas dessas tempestades ao mesmo tempo, elas acabam competindo entre si dificultando ainda mais a formação do tornado de longa duração. Uma série de fatores propícios tiveram que se combinar para que o triste fenômeno de Kentucky fosse possível.

Até então, o tornado mais mortal da história do Kentucky havia ocorrido em março de 1890, quando 76 pessoas perderam a vida devido ao fenômeno climático. O episódio recente ultrapassa essa marca.

Tornado Kentucky, EUA
Tornado que passou por Kentucky atingiu a Escala Fujita EF5. Imagem: Lindsey Nance via redes sociais/Reprodução

Os estados atingidos no fim de semana foram o Missouri, Arkansas, Illinois, Tennessee, Mississippi e Kentucky. O tornado no Kentucky alcançou a Escala Fujita EF5, que indica tornados cujos ventos ultrapassam facilmente os 418 quilômetros por hora. A última vez em que um tornado dessa grandeza passou pelos EUA foi há oito anos. 

De acordo com autoridades locais, dezenas de pessoas que faleceram no Kentucky estavam trabalhando em uma fábrica de velas em Mayfield. A cidade foi inteiramente devastada, e estima-se que 50 famílias tenham perdido suas casas. As imagens, como você pode ver abaixo, são impressionantes.

O presidente Joe Biden declarou estado de emergência em Kentucky. Além disso, um asilo foi atingido no Missouri, seis funcionários morreram em um armazém da Amazon em Illinois e mais de 70 mil pessoas ficaram sem luz no Tennessee.