Depois de se aventurar com um e-reader, o Alfa (que anda meio sumido já tem tempo), e um tablet… diferente, o Ypy, a Positivo anunciou hoje que entrará no ramo de celulares e smartphones. E só. Detalhes, cadê os detalhes?

Ninguém sabe, ninguém viu. O anúncio foi feito através da Comissão de Valores Mobiliários e é bem lacônico. No comunicado, a fabricante paranaense prometeu mais detalhes para breve, dizendo que “retomará oportunamente a divulgação deste tema, em conjunto com o anúncio de sua nova linha de produtos.” Então tá, né?



A brincadeira teve um impacto positivo nos papéis da Positivo na Bovespa; as ações chegaram a ter alta de 14% após o anúncio.

Não se sabe, ainda, se esses smartphones rodarão Android ou Windows Phone, embora o passado recente da Positivo jogue a favor do Google — o Ypy usa um Android todo personalizado e recheado de apps próprios. Independentemente do sistema adotado, é quase certo que haverá alguma conexão com o Mundo Positivo, o portal/lojinha da Positivo que além de notícias, artigos e jogos online gratuitos, vende livros e músicas. [Gazeta do Povo]