O Facebook anunciou que, a partir desta sexta-feira (10), qualquer postagem referente as eleições presidenciais de 2022 vai ganhar um selo. O recurso também vale para o Instagram.

O selo conta com um link para uma página da Justiça Eleitoral com informações oficiais sobre o sistema de votação, além de artigos rebatendo desinformação sobre o processo eleitoral ou qualquer notícia falsa. O recurso é semelhante ao que já é utilizado quando a postagem aborda a pandemia de Covid-19.

Segundo a rede social, a iniciativa é uma parceria entre a empresa de Mark Zuckerberg e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que visa garantir o processo democrático e ajudar as pessoas a terem acesso a informações seguras. A empresa defende que, nas eleições municipais de 2020, ​suas políticas redu​ziram​ conteúdos de supressão de votos​.​

Assine a newsletter do Gizmodo

“Removemos mais de 140 mil conteúdos do Facebook e do Instagram no Brasil pela violação de nossas políticas de interferência na votação antes do primeiro turno da eleição. Cerca de 3 milhões de pessoas com mais de 16 anos elegíveis ao voto no país clicaram para ver mais informações sobre a eleição nos dias que antecederam a votação​”, disse a rede social em comunicado.