Quando o Google anunciou o Material Design como um padrão de interface em 2014, o objetivo era unificar os aspectos visuais e funcionais dos seus produtos, além de servir como um guia para os desenvolvedores. Desde 2015, a companhia premia os apps que melhor aproveitam o potencial do padrão, no Material Design Awards.

Google e as origens analógicas do Material Design
Google Chrome para Windows traz Material Design e menor consumo de bateria



Este mês, foram anunciados os vencedores da edição 2016, divididos em cinco categorias:

Infusão de marca: Asana – Team Tasks & Projects

google material awards 2016 (5)

O Asana é um serviço de gerenciamento de tarefas em equipe. Segundo o Google, os desenvolvedores receberam o prêmio por exporem a identidade visual sem que fizessem o usuário se distrair do principal objetivo do app. “O conteúdo nunca é sobrecarregado pelo grande número de ações disponíveis porque são organizados de forma inteligente.”

Engajamento encantador: Fabulous – Motivate Me!

google material awards 2016 (4)

O Fabulous é um aplicativo para definir objetivos e hábitos que oferece uma série de de “treinos” para te ajudar. Além disso, o app exibe lembretes e mensagens de motivação durante o dia.

Navegação criativa: C Channel (disponível em japonês e tailandês)

google material awards 2016 (3)

O app C Channel reúne vídeos com dicas de moda, receitas, entre outros. O estilo de navegação utilizado pelos desenvolvedores permite que o conteúdo seja explorado com mais facilidade, em vez de se apoiar apenas nas ferramentas de pesquisa.

Layouts expressivos: Kitchen Stories

google material awards 2016 (2)

O Kitchen Stories é um aplicativo de receitas com passo-a-passo detalhado e em vídeo. O Google premiou os desenvolvedores pela organização do conteúdo e pela forma como ele é exibido em diversos dispositivos. “O conteúdo é organizado de forma inteligente, minimizando o número de vezes que você precisará tocar na tela com os dedos sujos.”

Eficiência e foco: Airbnb

google material awards 2016 (1)

Por fim, o já conhecido Airbnb – serviço de hospedagem que permite alugar um quarto, apartamento ou casa – ganhou o prêmio pela eficiência. “As tarefas essenciais são realizadas por meio de um design preciso, levando os usuários rapidamente do cadastro para a navegação até o momento da reserva.”

Para ajudar os desenvolvedores a aproveitar o potencial do Material Design, o Google lançou três ferramentas esta semana: a “Gallery“, “Remixer” e “Stage“. A primeira funciona como uma espécie de GitHub para designers, assim a equipe pode compartilhar, organizar e comentar os trabalhos.

O Remixer permite a criação de protótipos de aplicativos com uma interação direta, dá para demonstrar o app e mudar os elementos ao mesmo tempo. Por último, o Stage também trabalha com protótipos, mas foca nos movimentos e animações das interfaces.

[Material Design Awards via 9to5Google; The Verge]