Nos últimos meses, tivemos que reconhecer o fato de que, sim, armas de fogo feitas em impressora 3D existem e geralmente funcionam; no entanto, elas não trarão uma era de detectores de metal obsoletos e ilegalidade – pelo menos não na sua forma atual.

Só que a mais nova encarnação da arma deve reacender esse debate. Um novo vídeo do YouTube confirma a existência do que parece ser o primeiro rifle impresso em 3D, e que realmente funciona – mesmo que dê apenas um tiro.

O vídeo mostra um rifle calibre 22, apelidado de Grizzly, que aparentemente foi feito usando uma impressora 3D da Stratasys (a empresa que comprou a MakerBot). A Dimension 1200es é uma máquina profissional que custa cerca de US$ 8.000 se comprada em segunda mão, ou seja: uma pessoa comum não poderia fazer um rifle em casa com tanta facilidade.

A arma precisa ser disparada usando um fio, o que faz sentido: após puxar o gatilho, ela basicamente se divide em duas. Portanto, este rifle certamente poderia causar algum dano a quem estivesse à frente dele – mas não é exatamente seguro para quem o estiver usando.

Mesmo assim, o grupo Defense Distributed, por trás da Liberator – primeira arma de fogo impressa em 3D – certamente parece aprovar este rifle, já que eles postaram o vídeo em seu Tumblr. Além do mais, o Grizzly na verdade usa um prego (de metal) para disparar o projétil, assim como a Liberator. Isso é mais uma boa notícia, pois a arma provavelmente não passaria em qualquer detector de metal.

No entanto, mesmo sem uma ameaça imediata de perigo, é fato que essas armas estão ficando cada vez mais avançadas. E as autoridades precisam resolver esse problema em potencial antes que ele saia da hipótese e se torne uma realidade. [YouTube via DefCad via The Verge]

xmuzit 2nipfnq