A internet é muito boa na hora de analisar uma foto (e encontrar coisas que não estão nela), e o Google é ótimo ao levar a internet para dentro das nossas casas. Então detetives amadores de poltrona vão realizar um grande sonho: eles podem procurar o monstro do lago Ness sem precisar ir à mais profunda e escura Escócia.

Está cada vez mais difícil encontrar um lugar para o qual o Google ainda não enviou suas câmeras do Street View — Groelândia, Fernanda de Noronha, e agora o lago Ness. O Google fechou uma parceria com a Catlin Seaview Survey para conseguir imagens subaquáticas — e, pelo jeito, eles usaram uma DSLR convencional no lugar das câmeras de 360 graus do Google.

Para capturar imagens da superfície do lago de 37 km de comprimento, o Google prendeu a câmera a um barco de pesca que atravessou o lago em toda a sua extensão. Como sempre, você pode conferir as fotos por conta própria. Avise se encontrar alguma coisa estranha! [Google]