Quem nos deu a dica, por email, foi o próprio Roberto: o formato ePub não é exclusivo nem fechado, mas é o utilizado pelo iBooks (e a maior parte dos e-readers do mercado), por isso ele optou por publicar o seu tutorial de criação de eBooks ePub no MacMagazine. O tutorial é em si mesmo um arquivo PDF, e ensina como usar o editor de textos Pages, do Mac OS, para criar um livro digital no formato ePub (ou converter um livro em PDF para este formato).

Se você nunca ouviu falar sobre esse tal de “ePub”, saiba que ele é um dos formatos líderes de livros digitais no mundo. A Wikipedia tem uma página com breves explicações sobre todos os tipos, mas basta saber o seguinte: é muito melhor ler em ePub, pois ele tem suporte a diversos recursos – como tamanho de fonte ajustável e seleção/anotações mais rápidas, para citar os mais importantes. Isso torna a leitura de um ePub bem mais confortável em comparação com a maior parte dos outros formatos populares e abertos, como PDF, especialmente se estivermos falando de leitura em tablets, smartphones ou outros dispositivos com uma tela menor ou mais limitadora do que a de um laptop ou desktop. O formato mais similar ao ePub é o formato proprietário usado pelo Kindle. O Nook também usa o formato ePub.

Se você gostar da brincadeira de editar e publicar livros digitais pode entrar no grupo de discussão LegiLibro, que também foi fundado pelo Roberto. [MacMagazineValeu, Roberto!]