Se você está no Windows 7 ou 8.1, sabe que pode reservar a atualização para o Windows 10 e obtê-la gratuitamente. No entanto, a Microsoft está enviando os arquivos necessários para instalar o sistema mesmo para quem não fez a reserva.

>>> 14 novidades que o Windows 10 ganhou em relação ao Windows 8
>>> Como é atualizar um laptop com Windows 7 para o Windows 10



A Microsoft confirmou isto ao The Register, dizendo: “para aqueles que optaram por receber atualizações automáticas através do Windows Update, nós ajudamos os clientes a preparar seus dispositivos para o Windows 10 baixando os arquivos necessários para a instalação no futuro”.

Mas talvez você já tenha instalado o Windows 10 em outra partição (foi o que eu fiz), ou simplesmente não esteja interessado no novo sistema. Nestes casos, a Microsoft recomenda usar a ferramenta Limpeza de Disco. Você pode liberar alguns gigabytes do seu disco rígido seguindo os passos a seguir:

– abra o menu (ou a tela) Iniciar, digite “limpeza” e clique em “Liberar espaço em disco excluindo arquivos desnecessários” (Windows 8) ou “Limpeza de disco” (Windows 7);

– clique em OK na janela que aparece, e depois clique em “Limpar arquivos do sistema”;

Remover arquivos do Windows 10 (1)

– selecione o disco onde o Windows está instalado e clique em OK;

– escolha os itens que você quer limpar: o Windows 10 está sob o nome “Arquivos de instalação temporários do Windows Update”. No meu computador, esses arquivos estão ocupando 6,26 GB;

– clique em OK para removê-los.

Remover arquivos do Windows 10 (2)

Vale lembrar que, se você está em uma conexão limitada – usando um modem 3G/4G, por exemplo – o Windows 8 detecta isto automaticamente e não baixa atualizações pelo Windows Update. (No caso do Windows 7, você precisa desativar o download automático das atualizações seguindo estes passos.)

E se sua conexão for lenta, o download do Windows 10 não deve interferir na sua navegação. O Windows Update é um processo de baixa prioridade, e só roda caso nenhum programa esteja usando a internet – é assim desde os tempos do XP. Este documento da Microsoft explica:

Para garantir que seus outros downloads não sejam afetados ou desacelerados porque as atualizações estão baixando, o Windows Update usa a tecnologia Background Intelligent Transfer Service (BITS), que baixa atualizações usando largura de banda ociosa.

Esta tecnologia garante que o Windows Update baixe arquivos apenas quando nenhum outro download ativo estiver em andamento no computador. Isto permite a você continuar sem problemas suas atividades do dia a dia, mesmo enquanto as atualizações estão sendo baixadas em segundo plano.

Se você quiser instalar o Windows 10 depois, é possível usar esta ferramenta da Microsoft. Você poderá fazer isso gratuitamente até julho de 2016.

Desativando a atualização

Caso você queira tomar uma medida mais drástica, é possível desinstalar e desativar as atualizações do Windows Update que baixam o Windows 10 no seu PC. Funciona assim:

– procure por “Programas e Recursos” no menu Iniciar;

– selecione “Exibir atualizações instaladas” no lado esquerdo da janela;

– localize as atualizações 3035583 e 2976978 no Windows 8; e as atualizações: 3035583, 2952664 e 3021917 no Windows 7;

– clique com o botão direito, depois em Desinstalar e em Reiniciar mais tarde;

– reinicie o computador quando você fizer essa etapa para todas as atualizações acima.

Remover arquivos do Windows 10 (3) Remover arquivos do Windows 10 (4)

Agora, você precisará bloquear as atualizações para que elas não sejam instaladas novamente:

– procure Windows Update no menu Iniciar;

– escolha “Verificar se há atualizações”, e o Windows deve encontrar as mesmas atualizações acima;

– clique em “atualizações importantes estão disponíveis”;

– clique com o botão direito em cada uma das atualizações acima e selecione “Ocultar atualização”.

Se você quiser atualizar para o Windows 10 mais tarde, é possível desbloquear essas atualizações – ou simplesmente usar esta ferramenta da Microsoft.

[The Register e Lifehacker]