Nesta quinta-feira (13), o Instagram apresentou o que mais bombou na rede social durante 2018, e, olha, impressiona que os resultados são bem distintos da busca do Google ou do Facebook. Enquanto essas plataformas tiveram itens como Copa do Mundo e eleições entre os mais buscados ou discutidos, no Instagram as coisas são bem mais leves.

O item mais usado em comentários em posts do Instagram foi o emoji do coração (❤️), com mais de 14 bilhões de ocorrências. O filtro de Stories mais utilizado é o da carinha com olhos de corações.

O Instagram agora vai permitir que você envie mensagens de voz
Instagram passa a dedurar quem está online no app — mas tem como se livrar disso

O Instagram continuou sendo a plataforma de virais. Um dos principais foi o desafio de dança da #inmyfeelingchallenge, em que o humorista @theshiggyshow criou uma espécie de coreografia da música “In My Feelings”, do rapper Drake. Ainda no ramo musical, a banda de k-pop BTS, segundo o Instagram, foi uma das que teve o “exército” mais ativos de fãs.

 

View this post on Instagram

 

#Mood : KEKE Do You Love Me ? 😂😂😂 @champagnepapi #DoTheShiggy #InMyFeelings

A post shared by Shoker🃏 (@theshiggyshow) on

No que diz respeito a temáticas, vídeos relaxantes (ASMR) foram a grande tendência de nicho da comunidade de usuários. O game Fortnite também foi um dos destaques: a hashtag #fortnite teve o maior crescimento global durante o ano.

Ainda que a rede seja cercada de temáticas positivas, recentemente o Instagram passou a filtrar melhor hashtags relacionadas a problemas alimentares, após uma reportagem da BBC. Como a rede destaca curtidas e as pessoas a utilizam para expor uma realidade filtrada, alguns usuários costumam incentivar a prática de bulimia ou anorexia por meio de termos em específico. Agora o Instagram passou a censurar itens relacionados a distúrbios desse tipo.

Vendo o que foi destaque em 2018 no Instagram, dá para entender bem porque a rede é a menina dos olhos do Facebook. Lá só tem curtição, pessoas bonitas, vídeos engraçados, pratos bacanas de comida e paisagens filtradas. Nada de proliferação de fake news ou teorias conspiratórias.

[Instagram]