Eu estou apaixonado pelo Photoshop CS6 depois de usar o beta durante as últimas semanas. Pela primeira vez em muitos anos, esta é uma atualização que você realmente vai precisar.

Ele irá poupar muito tempo no dia a dia dos profissionais graças funções novas ou atualizadas, uma nova engine gráfica e uma nova – e bela – interface simplificada.

Melhor de tudo: você pode ter isso agora mesmo. De graça.

Eu usei todas as versões do Photoshop desde o 3, que foi lançado em 1994. Eu tive sorte, era a primeira versão com camadas. Elas eram como mágica para mim. Cada versão depois dessa trouxe alguma função que mudou a minha vida (me lembro de ter ficado – “OHYEAH!” – com os ajustes em camadas –  “FUCKYEAH!” – com o desfazer múltiplas ações na versão quatro e – “FINALMENTE!” – com o texto editável na versão cinco).

Entretanto, nos últimos anos, as versões do Photoshop pareciam chatas e cheias de frescuras. As novas funções eram “oh, bacana, eu acho que isso pode ser legal – de vez em quando” e “ah, leal, eu posso me imaginar usando isso pelo menos uma vez por mês”. A versão anterior do programa não me impressionou muito, já que os 10% do programa que os profissionais usam para fazer 90% dos seus trabalhos permaneceram inalterados. Parecia que a Adobe estava apenas acumulando funções; um Microsoft Office gráfico, tentando agradar todo mundo. Parecia que eles não queriam deixar as funções básicas melhores.

Até que o CS6 apareceu.

Esta nova versão faz exatamente isso: se concentra no básico, aqueles 10% que fazem 90% do trabalho.

Voltando ao básico

Para mim, este é talvez o aspecto mais fundamental do novo Photoshop. A primeira coisa que irá chamar atenção é a nova interface. É obviamente diferente, cinza escuro – e pode ser modificada para o cinza original se você quiser, ou até um ainda mais escuro. Os novos ícones são legais também, mas o redesign vai mais longe.

Os Photoshops anteriores tinham uma interface de camada em cima de camada, com tipos diferentes de botões e janelas organizados de maneiras diferentes e algumas vezes claramente desalinhados. Era desagradável e pior ainda, inconsistente. A Adobe contratou um novo especialista em interface e disse para ele “limpe, faça do jeito que quiser, melhore tudo”. E ele obedeceu. Sua equipe ajustou milhares de elementos gráficos e limpou o fluxo de trabalho. Agora, o programa parece muito mais coerente e sólido do que antes.

A mudança na experiência do usuário também foi melhorada com funcionalidades modificadas também

Ferramenta de corte demarcado (crop)

Uma das funções que tem uma interface muito melhor e é mais poderosa é a nova ferramenta de corte demarcado. Pode parecer bobo, mas é uma ferramenta essencial que é usada constantemente e não evoluiu desde…sei lá, mil novecentos e bolinha.

A nova ferramenta de corte demarcado é uma mudança total. Primeiro, não é destrutiva (você pode voltar e mudar a qualquer momento – eu nem consigo acreditar, MUITO OBRIGADO). Quando você está ajustando a ferramenta, a imagem flui, pode-se dar zoom, girar e redimensionar em tempo real graças a nova engine gráfica do CS6, chamada de Mercury. Você também pode escolher regras diferentes – como a Proporção áurea, regra dos terços – e salvar com as suas próprias definições.

A ferramenta de corte demarcado também incorpora uma ferramenta para alinhar com precisão que funciona muito bem: você desenha ao longo de uma linha reta na foto e ele saberá exatamente como girar a imagem final. Ele também tem uma função útil que usa uma ideia similar: corte com perspectiva, que permite que você transforme uma imagem que está levemente em perspectiva em uma imagem frontal. Isso pode ser útil em algumas ocasiões, mas a ferramenta de corte demarcado é mais fácil de usar, mais poderosa e mais inteligente sempre.

[youtube pBIf9KljT68]

Importar RAW

A nova importação do RAW 7 é realmente maravilhosa – tão incrivelmente boa que eu posso imaginar os fotógrafos reimportando velhas imagens RAW para conseguirem os novos e incríveis resultados. A Adobe diz ter usado “um novo algoritmo de mapeamento de tons” e realmente tem algo diferente aqui, porque o tratamento dos brilhos, sombras e brancos me impressionou. Pareceu quase magia negra.

O pincel de ajuste para aplicar diferentes parâmetros RAW apenas para partes pintadas da imagem é ótimo também. Ele oferece tanta flexibilidade que quase não consegui acreditar.

Sombra e realces

Sombra e realces – a função favorita de muitas pessoas – também foi modificada. A primeira coisa que você irá notar é como você pode aumentar os valores até níveis insanos sem ter halos na sua imagem. Em versões anteriores, se você realmente forçasse, acabaria com halos horríveis em torno das áreas de contraste. Ficava uma droga. Agora isso acabou. Magia negra de novo. Isso funciona perfeitamente até mesmo com imagens da câmera do iPhone.

Tipografia

Uma palavra: Parágrafo e estilos de caracteres. Ok, foi bem mais que uma palavra. Que tal então: VIVA! Isso vai ser ótimo para economizar tampo, tanto para fazer coisas novas, do zero, reutilizando estilos antigos, e também para criar variações de projetos. Eu sei, você pode usar o Illustrator ou InDesign para isso, mas poder fazer direto no Photoshop é muito conveniente. Ele também suporta ligaduras OpenType, frações e todo o tipo de coisa legal tipográfica para fazer um texto bonito.

Bônus: Gerador de Lorem Ipsum, o que é uma mão na roda para prototipar rapidamente testes de layout.

Novas funções

[youtube FffZ22_o_6M]

Desfoque de lente

Eu amei o novo desfoque de lente também. Ele tem três tipos de efeitos, que funcionam em tempo real se sua placa gráfica suportar a nova engine gráfica Mercury da Adobe. A mais útil é o desfoque íris, que permite que você especifique pontos focais diferentes e ajuste o desfoque dinamicamente.

É bastante intuitivo – a interface não é uma caixinha, ela funciona pela imagem inteira. E o mais importante, faz tudo em tempo real. Você literalmente apenas diz ao Photoshop onde focar ao marcar pontos na imagem. Cada ponto tem seu próprio valor de desfoque. Isto permite que você simule profundidade de campo em poucos passos.

Também existe uma opção de tilt-shift e degradê, mas nenhum deles é tão bom quanto o Iris.

A mágica da ferramenta de correção e mover sensível a conteúdo

A antiga ferramenta de preenchimento e recuperação sensível a conteúdo nunca foi minha favorita. Na verdade, eu quase nunca usava mesmo que ela funcionasse, às vezes, para coisas bem pequenas. Entretanto, ela não tinha nenhuma das funções mágicas que todo mundo esperava que ela tivesse. Eu fico feliz em poder contar que há mágica de verdade agora.

A ferramenta de correção sensível o conteúdo é fantástica. Se você quiser remover um objeto de uma imagem, apenas selecione grosseiramente a parte da imagem que você quer que o Photoshop use como fonte. O app irá estimar corretamente e remover o objeto instantaneamente. Apesar de não ser 100% perfeito o tempo todo, ele chega perto da perfeição.

O mesmo acontece com o mover sensível a conteúdo. Você realmente pode usar para mover pessoas ou objetos posicionados em um fundo, seja ele qual for. Você também pode usar para aumentar um objeto largo em um fundo, como uma parede, apenas movendo parte dele. Isto é bem útil.

Tenha em mente que estas duas ferramentas às vezes não são exatamente perfeitas, mas o nível de precisão e efeitos é bom o suficiente para salvar uma grande quantidade de tempo para qualquer profissional. Sempre que elas não fizeram um trabalho bom o suficiente, precisavam apenas de alguns retoques. Em outras palavras: eu gostei destas duas funções. E odiava a antiga.

[youtube UrlsnQ32YhY]

Correção adaptável de distorção de lente

Apesar desta função não ser nova – o sistema de correção de lentes da Adobe veio no CS5 – ela foi tão melhorada que parece uma nova função. Eis aqui como funciona: O filtro autocorrige a imagem baseado numa base de dados da geometria da lente (o CS6 pega esta informação dos metadados da fotografia). Isso não é perfeito, adicionando até algumas outras distorções próprias.

Mas agora você pode ajudar e dizer ao Photoshop quais são as linhas retas reais da imagem, como prédios, paredes, estradas ou linhas do horizonte. Quanto mais dados você fornecer, mais precisa será a correção das lentes e mais natural a imagem final corrigida ficará. “Sem dúvida é o filtro que mais me impressionou”, Martin Evening me contou quando eu perguntei a ele sobre sua função favorita, “o filtro de correção de lente anterior fazia alguma coisa para corrigir as distorções de lente, mas o Filtro adaptável tem uma abordagem completamente nova. Eu gosto de pensar nele como uma ferramenta de correção de perspectiva seletiva. Com este filtro você pode tirar, digamos, fotos com lentes olho de peixe ou ultra grande angular e corrigir a perspectiva pedacinho por pedacinho (ao invés de jogar uma correção geral de lentes). O benefício que isso traz é que eu acredito que você pode editar uma imagem de lente grande angular para dar a impressão que ela parece perfeitamente natural do ponto de vista da perspectiva.”

Funções que a partir de agora vai ser impossível viver sem

Seleção de camadas

Se você usa trocentas camadas e compartilha imagens com outras pessoas, você irá amar a nova maneira que o CS6 gerencia as camadas. Você pode filtrar automaticamente camadas diferentes por tipo em uma paleta de camadas. Isto me salvou quando eu tentei procurar uma camada no meio de duzentos outros. Você pode filtra-los por tipo: tipo, nome, efeito, modo, atributo e cor. E tem mais opções de filtragem próximas aos tipos principais. É extremamente conveniente.

Seleção de pele

Se você está trabalhando com modelos humanos, isto também economiza bastante tempo: Você pode selecionar áreas do rosto e da pele usando uma nova tecnologia de detecção de rosto e pele, e então modificar sua seleção conforme desejar. E funciona bem.

Correção de imagem automatizada

Eu sei que isso soa como um sacrilégio, mas pela primeira vez a autocorreção funciona muito, muito, muito bem.

Tão bem que eu praticamente não precisei mais mexer nos níveis e curvas. A Adobe conseguiu isto com ajuda de estatísticas: primeiro, eles fizeram centenas de pessoas corrigirem manualmente milhares de imagens. Então, eles pegaram os histogramas e curvas resultantes e colocaram na base de dados do CS6. Então, eles criaram a lógica para aplicar este conhecimento automaticamente às suas imagens. Desta maneira, imagens com informações similares irão automaticamente receber um tratamento otimizado, sem o usuário precisar fazer nada.

Eu sei, parece loucura – e eu sei que alguns viciados em Photoshop irão querer minha cabeça por isso – mas você realmente precisa testar isso. A nova engine funciona nos painel de curvas, níveis e Brilho/Contraste.

[youtube XLp1dR2sYkE]

Salvar automaticamente

Outra coisa que acelera o processo de trabalho…porque não há nada tão lento quanto ter que começar do zero caso alguma coisa aconteça. A Adobe alega que salvar no background e a recuperação automática são coisas que salvam vidas e eu concordo totalmente. O Photoshop irá salvar seu trabalho a cada 5, 10, 15, 30 ou 60 minutos, automaticamente recuperando seu trabalho em caso de travamento ou outro problema qualquer.

A primeira vez que você ver isso em ação, você irá chorar de felicidade (porque significa que o seu trabalho duro foi salvo com segurança!)

Aumento do desempenho

A Engine Gráfica Mercury da Adobe é sensacional, permitindo efeitos em tamanho real com qualquer tipo de imagem, pequena ou grande.

Dissolver (liquify), Distorção de Marionete (puppet warp), Corte Demarcado e Transformar fluíram muito bem nos dois computadores que eu testei. Claro, se a imagem for realmente muito grande, você precisará de hardware para dar conta. Mas acabou o tempo que eu precisava esperar o Dissolver reagir às minhas pinceladas. Ele simplesmente funciona agora.

As coisas não-tão-úteis

Todas as funções acima são extremamente bem-vindas para uso frequente – algumas mais do que outras, mas todas são realmente úteis para todo mundo. O CS6 tem outras funções que algumas pessoas irão gostar, apesar de que nem todo mundo irá usar. Uma delas é a nova engine 3D, que é usada paca criar texto 3D. Ela também funciona para estender superfícies de fotos em 3D – como o chão em uma foto ou parede – o que pode ser útil para mais pessoas.

Para minha surpresa, quando perguntei para Steve Caplin – artista freelancer e autor do How to Cheat in Photoshop — sobre sua função favorita no último lançamento, ele citou as funções de criação de objetos 3D: “[elas] estão ficando cada vez melhores. Agora graças ao display no CS6, pegar um artwork 2D e puxar, torcer, chanfrar e inflar ficou mais fácil do que nunca. Adicione a isto a habilidade de definir um Plano de Chão para combinar a sua foto em ponto de fuga, a nova habilidade para ajustar as linhas de extrusão e até mesmo modificar texto depois dele ter sido transformado em um modelo 3D, você tem um poderoso e divertido modelador 3D no qual as palavras Nurbs e B-splines nunca são mencionadas. Se você sempre foi avesso à natureza complicada da modelagem 3D, o Photoshop CS6 oferece uma alternativa viável.”

A única função nova que eu achei meio “ahn, bem, vamos incluir isso para pessoas que não querem comprar o Premiere” é a edição de vídeo. Se a sua ideia de diversão é editar vídeo no Photoshop, eu tenho certeza que você irá gostar. Eu achei estranha e pouco útil. A Adobe argumenta que algumas pessoas querem isso porque elas estão familiarizadas com o Photoshop, mas acham o Premiere ou Final Cut muito estranhos. Ela pode estar certa. Um leitor apontou também que isso pode ser útil para quem faz rotoscopia. Ele está certo. Se você faz isso, a nova engine de edição de vídeo é muito, muito melhor que a anterior.

Porque isso importa

É a primeira versão do Photoshop em mais de uma década que realmente limpou a interface e focou no básico para conseguir economizar tempo para fotógrafos e designers. Isso importa e irá economizar tempo e dinheiro de todos os usuários do Photoshop.

Gostamos

A interface bela e as ferramentas básicas melhoradas. As novas funções são bastante úteis também e irão ajudar a economizar mais tempo. O novo Photoshop CS6 é uma delícia de usar, mesmo em beta.

Não gostamos

Não é uma versão final ainda e existem algumas funções supérfluas – para mim, pelo menos.

Devo aderir?

Claro! Não apenas é bom, mas está grátis até o final do beta teste. Vá baixar. Ou talvez não, porque uma vez que você testar, você pode não querer voltar para o CS5 ou seja lá o que você estiver usando (ambas as versões funcionam lado a lado, a propósito).

Adobe Photoshop CS6 Beta

Gizrank: 4.5 estrelas

– Preço: Grátis

Requerimentos

Os requerimentos não mudaram: ainda é 1GB de RAM e uma placa de vídeo OpenGL 2.0. A Adobe alega que o aplicativo é altamente otimizável e escalável. Ele certamente funciona bem no meu velho MacBook Pro 17”, mas no meu iMac turbinado 27” de última geração, ele simplesmente voa. Ele também funciona muito bem com a minha nova Wacom Intuos 5, sem precisar de instalações adicionais.

Disponibilidade

Você pode baixar agora mesmo, de graça, no site da Adobe.

Então vá em frente, faça o download e explore estas funções. Aproveite.