Posicionando-se entre o Sensation XE de 4,3 polegadas e o Samsung Note de 5,3 polegadas, o Sensation XL de 4,7 polegadas é um dispositivo que vem com áudio da Beats embutido e…espere um pouco. 4,7 polegadas? Tem certeza que isso é um smartphone e não um tablet? Segundo a HTC sim, mas minhas mãozinhas femininas não estão tão certas disso.

Gostamos

Vamos encarar, HTC: Você atingiu uma fórmula notável para os seus aparelhos Android, mas parece ter parado de tentar depois disso. Isso não é para desmerecer o lindo Sensation XL (apelido: Runnymede), o qual eu tive a sorte de usar por quatro dias, mas a última coisa que os consumidores querem ver é a HTC descansar sob os suas vitórias. Não quando tantos fabricantes estão levando as telas, velocidade do processador e a qualidade da câmera para outro nível.

O HTC sabe o que funciona, e faz isso muito bem. A qualidade do Sensation XL é, como sempre, consistente e premium. A versão branca que eu testei me fez lembrar dos dias do HTC Legend, um aparelho realmente fascinante com um corpo totalmente em alumínio. O alumínio prateado reaparece no Sensation XL, mas com um corpo mais arredondado e familiar. Ele é fino, com 9,9mm (O iPhone 4 e o 4S metem 9,3mm), o que parece desafiar a nítida tela WVGA LCT de 4,7 polegadas.

Beats Audio, recentemente introduzido no Sensation XE da HTC, melhora muito a qualidade do som então as faixas soam mais concisas e agradáveis, mesmo eu tenha achado levemente preocupante o fato dele fazer isso aumentando sutilmente o volume ao mesmo tempo. Você seria um tolo de não ligar poder do Beats, já que ele adiciona mais qualidade ao som (e também um “b” vermelho no topo da tela).

Rodando em um Snapdragon MSM8255 single-core de 1.5GHz, ele é rápido, apesar do lag ocasional ao abrir programas estar presente (notadamente o app de SMS).

A interface Sense da HTC, dessa vez a versão 3.5, faz o seu trabalho habitual de deixar o Android ainda mais bonito. Verdade seja dita, eu fiquei muito feliz com a interação 3D que aparece ao trocar de telas, roubada do Flyer tablet.

A camera de 8MP pode não se comparar com a do iPhone 4 (e muito provavelmente nem com o iPhone 4S, que nós ainda não tínhamos testado no momento desta postagem), mas é um avanço bacana em relação aos esforços anteriores nesse campo. Com dois flashes LED, ela às vezes pode ser um pouco difícil de lidar, mas em luz natural o desempenho é lindo. Também existe uma câmera frontal de 1.3MP, então quem curte chats em vídeo não é deixado de lado.

Não gostamos

Os ocasionais momentos de lag estão presentes, apesar de você ter que ser muito chato para isso realmente te enfurecer a um ponto de que você se arrependa da compra.

Eu não irei dizer que o tamanho do Sensation XL entra realmente no “não gostamos”, porque apesar de ser grande demais de acordo com meu gosto pessoal, existem muitos que irão curtir assistir filmes, jogar e navegar pela web com esse tamanho. Ela pode não ser tão necessária para os donos de tablet, e a tela WVGA pode ser melhorada, mas a HTC fez bem em reconhecer a crescente (desculpem o trocadilho) moda de aparelhos maiores tão rápido.

Apesar de só ter 16GB de memória interna, a HTC não adicionou um slot para cartão micros dessa vez, então você está meio limitado em ter que se virar com o que está disponível.

Devo comprar?

Se você tem certeza que tem calças com um bolso grande o suficiente para o HTC Sensation XL, apesar de tudo, vá fundo. Ele estará disponível na Europa no começo de Novembro, junto com um par de headphones Beats Solo com fio vermelho que serão um acessório para todos os aparelhos HTC com Beats Audio no futuro.

Veja o vídeo abaixo para um hands-on rápido do aparelho, assim como as especificações chave que você deveria saber.

http://www.youtube.com/watch?&v=ArL0Vnq96XM