Quando a Samsung lançou o Galaxy S20 Ultra por US$ 1.400, parecia que a empresa estava tentando empurrar seus telefones super premium para um nível totalmente novo, um nível que justificaria seu obsceno preço de US$ 1.400. No entanto, embora o S20 Ultra tivesse uma tela gigante de 6,9 polegadas e um zoom enorme sem perdas de 10x, faltava um pouco do polimento usual da Samsung e simplesmente não oferecia o suficiente para me fazer sentir que todo aquele dinheiro valeu a pena.

Passados seis meses e agora o Galaxy Note 20 Ultra chegou com uma tela ainda melhor com uma taxa de atualização variável de 120 Hz, um design muito mais refinado, desempenho mais rápido, produtividade aprimorada e uma S-Pen atualizada. Ah, e na verdade, é um pouco mais barato que o S20 Ultra nos EUA. Então, depois de uma reformulação cuidadosa, o Galaxy Note 20 Ultra se tornou uma estação de batalha totalmente armada e operacional, e é o verdadeiro herdeiro do império.

Ao contrário do S20 Ultra, que sempre pareceu meio desajeitado, entre seu acabamento exclusivo Mystic Bronze e o novo vidro fosco na parte traseira, o Galaxy Note 20 Ultra parece o dispositivo de primeira classe que a Samsung tem tentado oferecer. Na verdade, além de sua reconhecida protuberância na câmera, o corpo e as molduras são mais finas que do Galaxy S20 Ultra, então, embora ambos os telefones tenham tela de 6,9 polegadas, o Note 20 Ultra parece um dispositivo mais poderoso.

Quanto ao impacto da câmera, embora se destaque um pouco, considerando o número de compradores que usam capinhas assim que os adquirem, é difícil reclamar de muito. Módulos de câmera grandes estão aqui e não irão desaparecer tão cedo.

Samsung Galaxy Note 20 Ultra
Traseira do Galaxy Note 20 Ultra. Crédito: Sam Rutherford/Gizmodo
O que é?
O último super telefone faz tudo da Samsung
Preço:
US$ 1.300 nos EUA
Gostei
Design polido, boa autonomia de bateria, zoom de 5x, pronto para 5G, melhoria em recursos da S Pen, a melhor tela da indústria.
Não gostei
Muito caro e não tem a entrada convencional de fone de ouvido

A maior atualização do Note 20 Ultra é sua nova tela de atualização variável de 120 Hz. Todos os anos, a Samsung guarda sua melhor tela de celular para o Note, e este ano a Samsung está realmente à frente dos competidores, pois não tem nenhuma tela como esta no mercado. Durante os teses, a tela do Note 20 Ultra atingiu um brilho máximo próximo a 800 nits (com a Samsung dizendo que o brilho pode chegar a 1.000 nits em certas condições), enquanto também produz algumas das cores mais vivas e atraentes de telas disponíveis por aí.

Detalhe da S Pen, do Galaxy Note 20 Ultra. Crédito: Sam Rutherford/GizmodoDetalhe da S Pen, do Galaxy Note 20 Ultra. Crédito: Sam Rutherford/Gizmodo

Além de tudo isso, a Samsung atualizou a tela de 120 Hz do Note 20 Ultra para suportar taxas de atualização variáveis, de modo que em vez de ser bloqueado para 60 Hz ou 120 Hz como no S20 Ultra, a tela do Galaxy Note 20 Ultra pode ajustar sua taxa de atualização dinamicamente dependendo do que está na tela. Isso permite que o Note 20 Ultra economize energia quando você estiver fazendo atividades menos intensas, como ver fotos ou escrever um e-mail, o que é importante porque, como um telefone que suporta conectividade 5G, quando você se conecta a uma rede de celular de última geração, bateria extra é sempre bem-vinda. E, quando você está assistindo a filmes ou jogando, pode aproveitar ao máximo as altas taxas de atualização para obter vídeo e gráficos com aparência super suave.

Tela do Galaxy Note 20 Ultra. Crédito: Sam Rutherford/GizmodoTela do Galaxy Note 20 Ultra. Crédito: Sam Rutherford/Gizmodo

Por dentro, o Note 20 Ultra também tem excesso de especificações e desempenho. Equipado com um Qualcomm Snapdragon 865+, 12 GB de RAM, 128 GB de armazenamento (com entrada para microSD), o super telefone da Samsung nunca parece estar sobrecaqrregado, não importa o quanto eu tente. Em todo o quadro, o Note 20 Ultra funcionou de forma consistente números de referência de nível superior, incluindo a pontuação mais alta que já vimos no teste de computação do Geekbench 5 (3.658).

Também curti que a Samsung tenha dado a ele a capacidade de se conectar a qualquer TV com Miracast habilitado enquanto usa o DeX, o que oferece mais uma maneira de utilizar todo o desempenho do telefone. Para um aparelho projetado para atender usuários avançados, combinando com o modo DeX com fio usual da Samsung, isso realmente eleva o Note 20 Ultra de um telefone poderoso para um substituto de laptop, ou pelo menos algo que você pode trabalhar quando for necessário.

Falando em trabalho, além da nova tela do Note 20 Ultra com taxa de atualização variável (VRR, na sigla em inglês), a Samsung também reduziu sua latência de entrada de toque para apenas 9 milissegundos, assim como o que você obtém no Tab S7+ ou um iPad Pro. Isso faz com que fazer anotações, esboços ou qualquer outra coisa que você use a S-Pen pareça incrivelmente suave.

E com cinco novas ações em qualquer lugar para voltar, ir para o início, chamar apps recentes, usar a seleção inteligente e ativar a gravação de tela, você pode facilmente usar um Note 20 Ultra para hospedar uma apresentação completa do PowerPoint sem nunca precisar se conectar a um computador real. Mas isso não é tudo, porque graças à capacidade de fazer anotações diretas em PDFs com mais facilidade usando a S-Pen, sincronizar automaticamente os aplicativos de notas da Samsung em vários dispositivos e vincular o Note 20 Ultra a um PC com Windows por meio do aplicativo Seu Telefone, da Microsoft, usando o Note 20 Ultra como um dispositivo de trabalho complementar está ainda mais fácil agora também.

Enquanto isso, a Samsung reorganizou os componentes da câmera do S20 Ultra para o Note 20 Ultra, para que desta vez você obtenha uma câmera principal de 108 MP, uma câmera ultra-grande angular de 12 MP e uma telefoto de 12 MP com zoom óptico de 5x. E, em vez de um sensor 3D ToF (time of flight), a Samsung incluiu no Note 20 Ultra um novo sistema de foco automático a laser. Este pode ser um dos ajustes mais inteligentes que a Samsung fez para o Note 20 Ultra, porque ao incluir uma câmera a menos (especialmente uma que era um tanto enganosa), a Samsung foi capaz de reduzir o preço dos componentes do telefone, ao mesmo tempo em que oferece um melhor desempenho da câmera no mundo real.

Câmeras traseiras do Galaxy Note 20 Ultra. Crédito: Sam Rutherford/GizmodoCrédito: Sam Rutherford/Gizmodo

Agora, admito, as câmeras do Note 20 Ultra não estão isentas de falhas, porque, como muitos telefones da Samsung, elas tendem a ser um pouco mais intensas na nitidez e às vezes podem empurrar o equilíbrio de branco para ficar muito amarelo, mas no geral, a qualidade de imagem do Note 20 Ultra está um pouco aquém do que você obtém em um Pixel 4, que é um posto respeitável para se estar.

Os detalhes são geralmente nítidos, o atraso do obturador é quase inexistente (a menos que você ative o modo de resolução total de 108 MP) e o modo de gravação de vídeo Pro tem ainda mais recursos e configurações para cinegrafistas móveis mais avançados. E se você tiver um par de Galaxy Buds Live, você pode até mesmo usá-los como um microfone remoto enquanto filma quando emparelhado com o Note 20 Ultra.

Finalmente, embora os 4.500 mAh do Note 20 Ultra não sejam tão grandes quanto o que você obtém em um Galaxy S20 Ultra (5.000 mAh), graças ao seu processador e tela mais eficientes em termos de energia, a duração total da bateria é de 14 horas e 23 minutos (apenas 20 minutos menos que o S20 Ultra, com 14h41m). Isso é melhor que um iPhone 11 Pro (13h) e um Pixel 4 XL (12h36m), mas um pouco mais curto do que um iPhone 11 Pro Max (15h).

Por muito tempo, venho perguntando o que a linha Galaxy Note deveria ser, além de apenas um Galaxy S com uma caneta integrada, e com o Note 20 Ultra, a Samsung finalmente respondeu. O Galaxy Note 20 Ultra tem uma tela linda com desempenho mais rápido e ainda mais recursos de produtividade do que você obtém no telefone Galaxy S mais sofisticado, junto com muito mais recursos de produtividade e um preço que é US$ 100 a menos nos EUA.

Francamente, a S-Pen é apenas um bônus, e quando se trata de fazer anotações durante as reuniões ou apenas escrever legendas bobas em fotos, fico feliz que ela esteja por aí para isso. Mas mesmo sem ela, o Galaxy Note 20 Ultra ainda é muito mais ponderado e refinado que o S20 Ultra, ou qualquer outro smartphone super premium. Sim, mesmo custando US$ 1.300, ele é extremamente caro, mas pelo menos a Samsung finalmente fez algo verdadeiramente digno do nome “Ultra”.

Leia-me

  • A Samsung diz que o zoom do Note 20 Ultra vai até 50x, mas isso é forçar a barra. Atenha-se a zoom de 5x a 10x para obter os melhores resultados;
  • É difícil capturar em fotos, mas a nova textura fosca na traseira do Note 20 Ultra é fantástica;
  • A nova tela de taxa de atualização variável da Samsung permite que o Note 20 Ultra ajuste sua taxa de varredura com base no tipo de conteúdo que você está visualizando;
  • Apesar de ter um desempenho mais rápido, uma tela melhor e uma caneta embutida, o Note 20 Ultra custa US$ 100 a menos que o S20 Ultra nos EUA;
  • A Samsung agora oferece suporte a três gerações de atualizações do sistema operacional Android em telefones Galaxy selecionados, incluindo o Galaxy Note 20 Ultra (que vem pré-instalado com o Android 10), o que faz você se sentir melhor sobre a longevidade de um telefone tão caro.