Pesquisadores alemães projetaram um robô submarino com o sentido de tato graças a microssensores afixados diretamente no corpo do robô com aproximadamente a metade da largura de um fio de cabelo humano.

Como estes sensores podem ser agrupados de forma tão unida, o robô pode se controlar melhor em correntes fortes e também delicadamente pegar objetos frágeis. Ele também pode ser ótimo para afugentar quaisquer criaturas vivas em terra ou no mar graças à sua aparência ameaçadora. Afinal, este design é mesmo necessário para a sua funcionalidade ou eles intencionalmente fizeram com que ele se parecesse com uma criatura marinha que habitará os meus mais sórdidos pesadelos? [Fraunhofer via Eurekalert via BotJunkie via DVICE]