Roubar dezenas de milhares de dólares de produtos da Apple não exige um esquema à la “Onze homens e um segredo”. Num roubo recente na Califórnia foram necessários menos de 30 segundos para assaltantes surrupiarem MacBooks e iPhones.

Ladrões roubam 313 iPhone X de caminhão de entrega um dia antes do lançamento
O ataque via mensagem de texto que quer tomar contas iCloud de iPhones roubados

No dia 7 de julho, quatro ladrões roubaram cerca de US$ 27 mil (quase R$ 105 mil na cotação atual) em iPhones e MacBooks da Fashion Fair Apple Store em Fresno, na Califórnia. O sistema de gravação registrou os ladrões rapidamente entrando na loja, indo até os produtos de amostra e pegando vários deles, enquanto funcionários e consumidores observam a ação com espanto.

“Estava claro para as testemunhas que os suspeitos eram muito agressivos, e foi uma espécie de arrastão”, disse Rob Beckwith, da polícia de Fresno, para a KGPE, uma emissora afiliada à CBS.

A princípio, a polícia havia dito que tinha sido um roubo à mão armada, mas ao ver a filmagem, parece que não houve uso de armas de fogo, segundo o site Fresno Bee.

“Eles chegaram e começaram a pegar as coisas”, disse Beckwith ao Fresno Bee. O Departamento de Polícia de Fresno está oferecendo um prêmio em dinheiro por informações sobre o incidente.

As lojas da Apple são locais icônicos por serem espaços e contarem com bancadas de madeira com uma série de produtos caros para teste. É acolhedor e idealista a ponto de motivar que pessoas pegassem um monte de coisas, enquanto pessoas observavam a ação estupefatas.

Imagem do topo: Getty Images