A história parece vir diretamente do roteiro de um filme de comédia, mas aconteceu no Texas, EUA. Imagens de câmeras de segurança no Aquário San Antonio mostram três pessoas tentando roubar um tubarão ao disfarçá-lo como bebê.

• Por que as orcas têm devorado os grandes tubarões brancos na África do Sul
• Um tubarão-branco conseguiu entrar em uma gaiola de mergulhador causando pânico

O grupo, formado por dois homens e uma mulher, entrou no aquário, pegou o tubarão pela cauda e o colocou em um balde. Depois, saíram do local com o animal enrolado em um lençol, dentro de um carrinho de bebê. Toda a operação poderia ter machucado o animal, um Heterodontus francisci, conhecido popularmente como “tubarão de chifre”.

De acordo com Joseph Salvaggio, chefe do Departamento de Polícia de Leon Valley, em entrevista ao canal de notícias KSAT 12, a ação foi realizada em uma área do aquário em que os visitantes podem brincar com os animais. Eles ficaram por mais de uma hora rodeando o tanque onde o tubarão estava.

A equipe de segurança percebeu o terrível plano do grupo e foram confrontar os suspeitos no estacionamento:

Segundo Salvaggio, um dos homens pegou o tubarão pela cauda, enquanto o outro enrolou o animal em um lençol molhado. Aí eles foram para uma sala nos fundos, colocaram o tubarão em um balde e então deixaram o balde em um carrinho de bebê.

De acordo com Jenny Spellman, gerente geral do Aquário de San Antonio, um funcionário percebeu o que estava acontecendo e notificou imediatamente a gerência.

[…] Spellman disse que o grupo tentou disfarçar o tubarão como um bebê.

Spellman foi até o estacionamento para confrontar o grupo. Um dos homens não permitiu que a gerente revistasse seu veículo e disse que seu filho estava passando mal e que ele precisava sair dali imediatamente.

Ele foi embora com o tubarão, deixando seus companheiros para trás. Na sequência, o caminhão foi apreendido e a polícia acabou encontrando o tubarão “na casa de um homem, onde estava sendo bem cuidado”.

No momento em que colocaram o tubarão dentro do balde, os criminosos jogaram uma solução alvejante no sistema de filtragem de água fria, que poderia ter provocado “danos a outros animais”. No entanto, a equipe agiu rapidamente e todos os outros animais do tanque estão bem.

Além disso, o tubarão de chifres roubado já foi recuperado e voltou ao aquário.

Salvaggio havia dito aos repórteres que “a equipe ficaria surpresa se o tubarão sobrevivesse” após o tempo que passou fora do aquário. Porém, o animal foi muito bem tratado.

De acordo com a polícia, o líder do grupo sabia o que estava fazendo e foi capaz de manter o animal vivo e permitir que ele se recuperasse, já que passou algum tempo fora das águas do tanque do aquário.

Tubarão de chifres foi encontrado na casa de um dos suspeitos. Se trata de uma fêmea que está bem e foi batizada como Miss Helen. Imagem: CNN.

Foram encontrados muitos outros animais marinhos na casa do homem, que mantém quase que uma “cópia” do aquário.

O tubarão em questão tem cerca de 40 centímetros de comprimento e, segundo o dono do aquário, Ammon Covino, os chifres da espécie são afiados o suficiente para machucar alguém “se você pisar neles”. Ele também afirmou que a espécie pode “morder” humanos que tentam mexer com eles.

A espécie é considerada abundante e “sem valor comercial” na costa da Califórnia. Uma pesquisa em sites de aquários e no eBay mostram que essa espécie é vendida na faixa dos US$ 300 (R$ 1.125, em conversão direta) ou US$ 400 (R$ 1.500).

Se os ladrões pretendiam roubar o tubarão para revendê-lo ou simplesmente para economizar alguma grana, dá para dizer que correram um risco à toa. Os investigadores acreditam que o roubo foi realizado para substituir um tubarão que morreu recentemente.

[KSAT, CNN]

Imagem do topo: San Antonio Aquarium (KSAT 12)