Imagine concreto que é dois terços plástico granulado, mas tão forte quanto o que se usa atualmente. O arquiteto e engenheiro Henry Miller descobriu como fazer, não apenas na teoria, mas também em algumas pequenas estruturas reais.

O concreto normal é composto geralmente de 60% a 75% de "agregado", ou seja, areia, brita ou pedra triturada, de acordo com pessoas que entendem. O que este engenheiro fez foi moer o plástico que iria para algum lixão, depois misturá-lo com concreto puro. Não apenas ele salvou o plástico de um destino não muito ecológico (ficar num lixão ou ser incinerado), como também evitou o uso de areia ou pedras mineradas. Fez os tijolos (que supostamente aguentam de 3000 a 5000 psi) e construiu as pequenas estruturas acima. [Inhabitat]